Jonne Roriz/AE - 2/7/2011
Jonne Roriz/AE - 2/7/2011

Dunga está perto de aceitar convite para substituir Autuori em time do Catar

Técnico brasileiro desembarca em Doha para acertar contrato com o Al Rayyan

estadao.com.br

29 Agosto 2011 | 19h52

DOHA - O técnico Dunga está perto de voltar ao futebol. Depois de recusar convites de diversos clubes brasileiros, entre eles São Paulo, Internacional e Fluminense, o treinador discute detalhes para aceitar convite do Al Rayyan, do Catar, time que era dirigido pelo também brasileiro Paulo Autuori.

Técnico da seleção brasileira na Copa do Mundo da África do Sul, Dunga não trabalhava desde a eliminação para o Holanda, nas quartas de final daquele Mundial - derrota por 2 a 1, de virada. A justificativa para recusar diversos convites foi a de que precisava cuidar do seu pai,. adoentado no Rio Grande do Sul.

Dunga desembarca na capital Doha nesta terça-feira para acertar detalhes do contrato e ser anunciado no novo clube, de acordo com informações do site do jornal Al Arab. Ele foi uma indicação do próprio Paulo Autuori, que vai trabalhar na seleção olímpica do Catar.

No novo clube, Dunga vai reencontrar o atacante Affonso Alves, convocado por ele em 2007 para um jogo da seleção brasileira. Na ápoca, o técnico foi bastante contestado por chamar o desconhecido jogador, então no Heerenven da Holanda.

Além de Affonso, outros três brasileiros defendem o clube do Catar: os zagueiros Moisés e Nathan Otávio e o meia Rodrigo Tabata (ex-Goiás e Santos).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.