Bruno Domingos/MOwa Press
Bruno Domingos/MOwa Press

Dunga 'não inventa' e seleção brasileira joga amistosos sem novidade

Equipe enfrenta a França no dia 26 e o Chile no dia 29 de março

Ronald Lincoln Jr. e Silvio Barsetti, O Estado de S. Paulo

05 Março 2015 | 10h10

O técnico Dunga convocou nesta terça-feira 23 jogadores que disputarão dois amistosos pela seleção brasileira no fim do mês antes da Copa América e não trouxe surpresas. Todos os convocados já haviam sido chamado pelo treinador para pelo menos um dos seus seis amistosos realizados neste retorno à seleção brasileira. A equipe enfrenta a França, dia 26, em Paris, e no dia 29 vai a Londres para encarar o Chile.

Esta é a última convocação antes da disputa da Copa América, entre 11 de junho ao dia 4 de julho no Chile. E a base servirá, também, para as Eliminatórias Sul-Americanas para o Mundial de 2018, na Rússia, que começa no segundo semestre.

A convocação não trouxe nenhuma grande novidade, mas premiou o bom momento vivido por Elias, no Corinthians, e Robinho, no Santos. Novamente chamado para a equipe nacional, o volante marcou gols em todos os quatro jogos disputados pelo time corintiano nesta Copa Libertadores, enquanto o atacante vem se destacando com a camisa santista no Campeonato Paulista, no qual brilhou principalmente nas duas últimas partidas.

Outro jogador que atual no futebol nacional convocado nesta quinta foi o volante Souza, do São Paulo, que já tinha sido chamado anteriormente por Dunga no ano passado, quando acabou preenchendo a vaga aberta por Ramires, cortado por lesão dos amistosos contra Argentina e Japão.

Os outros dois jogadores que atuam no Brasil que figuraram nesta convocação de Dunga foram os goleiros Jefferson, do Botafogo, e Marcelo Grohe, do Grêmio, enquanto o outro atleta chamado para esta posição foi Diego Alves, do Valencia.

Diego Tardelli, mesmo depois de ter trocado o Atlético-MG pelo Shandong Luneng, da China, um centro de pouca expressão no cenário do futebol mundial, voltou a ser chamado após ter se firmado como principal atacante sob o comando de Dunga nesta sua segunda passagem pela seleção. Já Everton Ribeiro e Ricardo Goulart, que trocaram o Cruzeiro por Al Ahli (Emirados Árabes) e Guangzhou Evergrande (China), respectivamente, desta vez ficaram fora da lista de convocados.

No mais, Dunga manteve a base que vinha sendo convocada anteriormente. Outros dois jogadores que atravessam grande fase, Philippe Coutinho, do Liverpool, e Neymar, do Barcelona, voltaram a ser chamados, como já era esperado que acontecesse.

Nesta sua segunda passagem como treinador do time nacional, Dunga acumula seis vitórias em seis amistosos, contra Colômbia, Equador, Argentina, Japão, Turquia e Áustria.

Campeões brasileiros com o Cruzeiro, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart não apareceram nesta lista pelo fato de estarem"num início de temporada na Ásia", de acordo com Dunga. Mas não estão descartados. O lateral-esquerdo Marcelo volta e Fabinho entra no lugar do veterano Maicon também numa observação para a Olimpíada. Assim como o zagueiro Marquinhos. 

"Procurei mesclar jovens com jogadores de experiência, mas neste momento nada é definitivo. Vamos ter dois amistosos, mas quem não estiver nesta lista, não se pode sentir excluído e quem estiver não está definitivamente convocado", afirmou o treinador.

A convocação do treinador desfalca os times paulista no Estadual. O Corinthians, por exemplo, ficará sem Elias, artilheiro da Libertadores com quatro gols, nos jogos diante da Portuguesa, dia 24, Penapolense, 26, e Bragantino, 29. O São Paulo não terá Souza no clássico com o Palmeiras, dia 25, e diante do Linense, no dia 29. O Santos perde Robinho contra Ponte Preta (dia 26) e São Bento (dia 29).

AUXILIAR PONTUAL

Depois de Mauro Silva, Jonas Eduardo Américo, o Edu, e Oscar Bernardi, agora Jairzinho, atacante campeão da Copa de 1970, será o auxiliar pontual. "Jairzinho participou de uma das melhores seleções do mundo, que é a de 70, ao lado de um ícone, que é o Pelé, e se destacou", afirmou Dunga. "Você não pode deixar que só um decida na seleção e Jairzinho demonstrou isso numa Copa do Mundo, teve essa atitude."

Confira a lista de Dunga:

Goleiros

Jefferson (Botafogo)

Marcelo Grohe (Grêmio)

Diego Alves (Valencia)

Laterais

Danilo (Porto)

Fabinho (Monaco)

Marcelo (Real Madrid)

Philipe Luis (Chelsea)

Zagueiros

David Luiz (PSG)

Marquinhos (PSG)

Miranda (Atlético de Madrid)

Thiago Silva (PSG)

Meio-campistas

Luiz Gustavo (Wolfsburg)

Fernandinho (Manchester City)

Elias (Corinthians)

Souza (São Paulo)

Roberto Firmino (Hoffenheim)

Oscar (Chelsea)

William (Chelsea)

Phillippe Coutinho (Liverpool)

Atacantes

Diego Tardelli (Shandong Luneng)

Douglas Costa (Shakhtar Donetsk)

Neymar (Barcelona)

Robinho (Santos)

Mais conteúdo sobre:
futebol Seleção Brasileira Dunga

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.