Assine o Estadão
assine

Esportes

Futebol

Dunga repete formação e Neymar dá dois sustos em treino da seleção

Técnico não mexe na equipe titular e vê atacante sofrer com dores

0

Daniel Batista, enviado especial a Teresópolis,
O Estado de S. Paulo

23 Março 2016 | 17h30

O técnico Dunga comandou nesta quarta-feira o último treino da seleção brasileira antes da viagem para Recife, onde a equipe enfrentará o Uruguai, nesta sexta-feira, às 21h45, na Arena Pernambuco. O treinador repetiu a formação treinada na terça-feira e a atividade ficou marcada por dois sustos do atacante Neymar.

Nos minutos finais do treinamento, o astro do Barcelona levou uma pancada no pé direito e mostrou sentir dores. Saiu caminhando com certa dificuldade e logo em seguida o treino foi finalizado. Antes da bola rolar, ele reclamou de dores musculares e foi junto com o médico da seleção brasileira Rodrigo Lasmar para um hospital em Teresópolis onde passou por exames e nada foi constatado.

Durante o treino, Dunga comandou um coletivo em campo reduzido e deixou claro já ter definido o time para o confronto com os uruguaios. O time titular foi formado por Alisson; Daniel Alves, Miranda, David Luiz e Filipe Luis; Luiz Gustavo, Paulinho, Renato Augusto, Douglas Costa e Willian; Neymar.

Os reservas atuaram com Diego Alves; Danilo, Gil, Marquinhos e Alex Sandro; Oscar, Philippe Coutinho e Lucas Lima; Ricardo Oliveira, Jonas e Hulk. Atrás de um dos gols, o goleiro Marcelo Grohe fez um trabalho especial com o preparador de goleiros Taffarel. Nos minutos finais da atividade, Dunga chegou a testar Ricardo Oliveira no lugar de Renato Augusto, talvez pensando em uma possível substituição.

Como aconteceu no treino de terça-feira, os torcedores tiveram acesso ao treino, mas não puderam se manifestar. Ao final da atividade, os laterais Alex Sandro e Danilo e o zagueiro David Luiz foram conversar com alguns fãs, enquanto outros atletas treinaram finalização em chutes de longa distância.

Comentários