1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

'É a morte da minha alma', diz Ribéry após ser cortado

Estadão Conteúdo

06 Junho 2014 | 14h 33

Meia da seleção francesa sofre com o agravamento de uma lesão nas costas, agravada durante treinos,e não poderá disputar a Copa 

O meia-atacante Franck Ribéry expressou sua tristeza por não poder disputar a Copa do Mundo. O jogador do Bayern de Munique foi cortado da seleção francesa nesta sexta-feira, por causa do agravamento da lesão nas costas que o atrapalha desde o fim da última temporada. Antes do diagnóstico, ele vivia a expectativa de jogar pela França no amistoso de domingo contra a Jamaica, em Lille, o último antes da viagem da delegação ao Brasil.

"É a morte da minha alma ser forçado a deixar o grupo e ficar de fora do Mundial. Eu esperava, depois de notar sinais encorajadores nos últimos dias, que eu disputaria a partida contra a Jamaica. Mas o teste ao qual eu me submeti na manhã de sexta-feira ''acordou'' a dor nas minhas costas. Os exames confirmaram a evidência desse mal resultante na minha incapacidade de treinar e jogar", afirmou Ribéry, em comunicado divulgado nesta sexta-feira no site da Federação Francesa de Futebol.

Franck Fife/AFP
Ribéry disputaria sua terceira Copa do Mundo - foi vice-campeão em 2006

O atleta disputaria sua terceira Copa do Mundo, competição da qual ele foi vice-campeão em 2006 e eliminado na primeira fase quatro anos depois. Agora, só resta a ele torcer. "É de partir o coração deixar os meus companheiros, mas sei que eles vão dar o máximo com o uniforme azul para ir o mais longe no torneio. Sei que posso confiar neles. Agora sou seu fã número um", afirmou o atleta, ao se referir diretamente ao time nacional.

Além de Ribéry, o meia Clément Grenier sofreu uma lesão muscular na virilha e também foi cortado da Copa nesta sexta-feira. Para substituí-los, o técnico Didier Deschamps convocou os meias Morgan Schneiderlin, do Southampton, e Remy Cabella, do Montpellier. Ao todo, a França já acumula três perdas para a Copa - a primeira foi a do goleiro Steve Mandanda.

Copa 2014