1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Elenco do São Paulo faz pacto de silêncio contra atraso de pagamento

- Atualizado: 19 Fevereiro 2016 | 16h 29

Falta de recebimento de direitos de imagem causa mobilização

O São Paulo voltou a ter problemas com o atraso no pagamento de direitos de imagem ao elenco. O time não recebe os vencimentos há dois meses, além de estar pendente a premiação pela conquista da vaga na fase de grupos da Copa Libertadores. A situação motivou o elenco a se organizar para recusar entrevistas nos últimos dias, como na noite de quarta-feira, durante o jogo com o The Strongest. A informação foi publicada pela ESPN e confirmada pelo Estado.

A diretoria tem dialogado com os jogadores e pretende quitar a pendência na próxima semana, com o acerto da venda de direitos de transmissão para canais de televisão. São duas propostas para o clube escolher, uma da TV Globo e outra do Esporte Interativo. A mesma situação de atraso ocorreu no ano passado, quando o São Paulo chegou a dever quatro meses de direitos de imagem para o elenco. O problema foi amenizado com a negociação de jogadores.

Com problemas de pagamento, São Paulo tem mobilização do elenco

Com problemas de pagamento, São Paulo tem mobilização do elenco

A decisão do time de não conceder entrevistas foi tomada antes mesmo da derrota para o The Strongest. Na terça-feira, véspera da partida, a equipe treinou no Pacaembu e logo ao fim da atividade, em vez de algum jogador ser escalado para conversar com os jornalistas, o escolhido foi o técnico Edgardo Bauza, que costuma dar entrevista nas sextas-feiras. O elenco se dirigiu ao ônibus da deleção assim que a atividade terminou.

Na noite do confronto com a equipe boliviana, os jogadores não falaram no gramado no intervalo e nem após a derrota por 1 a 0. Alguns atletas ao saírem de campo foram puxados por colegas para que não parassem para conversar com os repórteres. Dos que atuaram, apenas Dênis, Calleri e Alan Kardec falaram na zona mista na saída do vestiário.

Na quinta e nesta sexta-feira apenas os zagueiros Maicon e Lugano deram entrevista. Os dois não faziam parte do pacto. O primeiro foi apresentado pela diretoria como reforço contrato até o fim de junho. Já o uruguaio, deve estrear no próximo domingo, no jogo contra o Rio Claro, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista.

São Paulo em 2016
Daniel Teixeira|Estadão
Santos aproveitou das falhas do São Paulo para vencer

Santos aproveitou das falhas do São Paulo para vencer clássico no Pacaembu por 3 a 0

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX