Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Elenco qualificado é fundamental para buscar título, diz lateral do Corinthians

Jogador entende que o time precisa contratar reforços

Nathalia Garcia, Estadão Conteúdo

16 Maio 2017 | 13h50

Após a conquista do título paulista, o Corinthians foi ao mercado em busca de jogadores para a sequência da temporada. O primeiro a chegar deve ser o atacante Clayson, da Ponte Preta, mas o clube também quer um lateral-direito e um meia para reforçar o grupo de Fábio Carille. Para Fagner, ter um elenco de qualidade é fundamental para ser bem-sucedido no Campeonato Brasileiro.

"É importante uma equipe como o Corinthians ter um elenco qualificado, a competição é longa, existem lesões e cartões que podem tirar o jogador. Tendo um elenco qualificado, independentemente de peças, o padrão tem de ser mantido para que a gente consiga fazer grandes resultados", afirmou.

Com a lesão do reserva Léo Príncipe, que sofreu um estiramento muscular no bíceps femoral da coxa esquerda, o Corinthians tem Cicinho na mira. O lateral-direito atualmente está no Ludogorets, da Bulgária. "Ele é bem ofensivo e tem qualidade para chegar à frente. Se vier, vai nos ajudar bastante", disse o jogador do Corinthians sobre o possível concorrente.

O desgaste foi um problema para o Corinthians na rodada de abertura do Brasileirão. Cansaço, gripe e lesões atrapalharam a equipe no empate por 1 a 1 com a Chapecoense, em casa, no último sábado.

Para Fagner, o calendário será responsável por algumas surpresas no início da competição. "Difícil avaliar no começo da competição. Algumas equipes tiveram jogos no meio de semana, jogos decisivos. Vão acontecer alguns resultados que a gente não espera nesse começo de competição. Tem de estar bastante forte e recuperado para fazer grandes jogos", avaliou.

E o lateral valoriza a janela de treinos da semana em preparação para a partida contra o Vitória, no domingo, em Salvador, pela segunda rodada do Brasileirão. "Ter essa semana é importante para nós e para o Fábio, para podermos trabalhar e irmos forte para Salvador", declarou.

Mais conteúdo sobre:
futebol Corinthians Fagner

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.