1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Em Belo Horizonte, torcida faz a festa em treino da Argentina

Gonçalo Junior - enviado especial a Belo Horizonte - O Estado de S. Paulo

11 Junho 2014 | 18h 37

Aproximadamente sete mil pessoas compareceram no treino aberto da Argentina no estádio Independência

Embora a expectativa de dez mil torcedores tenha sido superestimada, o Estádio Independência adotou o azul e o branco como suas cores principais nesta quarta-feira. Quando a seleção argentina entrou no gramado, liderada pelo astro Lionel Messi, o público presente vibrou como se comemorasse um gol. As quase sete mil pessoas que compareceram ao treino aberto dos argentinos, em Belo Horizonte, fizeram uma festa como se fosse um jogo de campeonato.

Foi uma festa de argentinos e brasileiros. O coro dos argentinos ganhou corpo com as vozes dos torcedores atleticanos, que adotaram a seleção da Argentina depois que a delegação resolveu se hospedar no CT do clube, em Belo Horizonte, durante a disputa da Copa. "Sou Galo e sou Argentina", gritava o ajudante geral Carlos Ferreira Gomes.

Ao longo do treinamento, foram gritados os nomes dos jogadores principais da seleção argentina. Além de Messi, Di María e Agüero foram saudados. Até o zagueiro argentino Otamendi, que pertence ao Atlético-MG, mas que foi cortado do grupo da Copa, foi lembrado.

Clayton de Souza/Estadão
Depois que acabou o treino, torcedores invadiram o campo em busca de Messi

Os torcedores que não haviam conseguido ingresso para a Copa, como o comerciante Marcelo Casal, transformaram o simples treino aberto, uma exigência protocolar da Fifa, em sua Copa particular. "Não tenho ingresso, mas estou realizando um sonho só de ver os jogadores de perto", disse ele, que trazia um retrato do papa Francisco. "O papa me ajuda e me protege, mas não se ocupa do futebol. Isso é com os jogadores", afirmou.

Copa 2014