Adam Hunger / AP
Adam Hunger / AP

Em boa fase, David Villa renova com time da MLS: 'Não estou pronto para parar'

Jogador foi eleito o mais valioso da Liga na temporada de 2016

Estadão Conteudo

03 Maio 2017 | 12h34

Maior artilheiro da história da seleção espanhola, David Villa seguirá no futebol profissional no ano que vem. Nesta quarta-feira, o New York City anunciou que acertou a renovação contratual do veterano atacante de 35 anos por mais uma temporada, até o fim de 2018. Os detalhes financeiros do novo vínculo não foram divulgados por ambas as partes.

Ao contrário de boa parte dos veteranos que deixam grandes centros na Europa seduzidos pelos milhões de dólares da Major League Soccer (MLS, a principal liga norte-americana de futebol), Villa manteve-se em alto nível. O atacante tem 46 gols em 70 partidas pelo New York City e foi eleito o MVP (jogador mais valioso) do campeonato na temporada de 2016.

O próprio Villa admite que o time nova-iorquino é o último estágio de sua vitoriosa carreira, mas acredita que ainda tem condições de seguir nos gramados. "Estou muito feliz nesta cidade e neste clube. Estou em ótimas condições e posso seguir correspondendo em campo. Não estou pronto para parar", declarou.

Villa foi contratado pelo New York City em 2014, para a primeira temporada da equipe na MLS, em 2015. Ao longo destes dois anos se estabeleceu como um dos principais jogadores da liga, desempenho que o deixa "orgulhoso". "Há três anos, colocamos em ação um projeto bonito para armar esta equipe incrível, e me escolheram para ser seu primeiro capitão, o que me deixa orgulhoso."

A renovação com o ex-jogador de Valencia, Barcelona e Atlético de Madrid também foi comemorada pelo técnico do New York City, o francês Patrick Vieira. "São boas notícias para mim, para o clube e para David, especialmente pelo seu nível de jogo e pela quantidade de gols que faz", considerou o ex-volante do Arsenal, da Juventus e da Inter de Milão.

Mais conteúdo sobre:
futebol David Villa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.