Em busca da classificação na Libertadores, Camilo exalta maturidade do Botafogo

Botafogo volta a jogar pela Copa Libertadores nesta quinta-feira

Estadão Conteúdo

16 Maio 2017 | 16h10

Derrotado pelo Barcelona, de Guayaquil (Equador), na última rodada, o Botafogo volta a jogar pela Copa Libertadores nesta quinta-feira, quando recebe o Atlético Nacional (Colômbia), no estádio do Engenhão, no Rio, em confronto do Grupo 1. O meia Camilo reconheceu a importância do duelo, que, em caso de vitória, resultará na classificação às oitavas de final.

"Nossa expectativa é de retomar o caminho dos triunfos, ainda mais na Libertadores, com o torcedor do nosso lado. É um jogo importante para gente e vai definir a sequência da temporada. Acho que temos uma equipe madura em relação aos jogos grandes. Tivemos essa experiência na pré-Libertadores (duas fases eliminatórias). É colocar em prática novamente. Temos o nosso estilo de jogo, compacto. Precisamos de atenção porque um jogo deste tamanho pede isso", disse.

Com sete pontos, o Botafogo ocupa a segunda colocação do Grupo 1, atrás apenas do Barcelona-EQU, com 10. Atlético Nacional e Estudiantes aparecem em terceiro e quarto respectivamente, com três pontos cada. Ainda que esteja na frente na tabela de classificação, o camisa 10 botafoguense acredita em dificuldades na partida.

"É uma equipe que sabe muito bem o que quer dentro de campo. Muito bem treinada. Acabou de aplicar uma goleada e conquistar a Recopa Sul-Americana. Fomos o único time que foi lá dentro e venceu. Esperamos um jogo difícil, mas temos condições de vencer. É repetir o que sabemos fazer de melhor", frisou.

O penúltimo dia de treino antes da partida desta quinta-feira ficou marcado por uma atividade física comandada pelo preparador Felippe Capella, seguida por um trabalho técnico dirigido pelo treinador Jair Ventura.

Perto do retorno, Jefferson atuou normalmente, mas ainda não retorna ao gol titular. Por outro lado, Marcelo, Emerson Santos, Leandrinho e João Paulo fizeram trabalho à parte. Com lesões, o meia argentino Montillo e o zagueiro Emerson Silva seguem as suas recuperações e não reúnem condições de jogo. Já Camilo, Rodrigo Pimpão, Roger e Gilson foram poupados das atividades mais pesadas, mas não preocupam para o jogo.

O treino ficou marcado ainda pela ausência de Sassá, que segundo o clube, permaneceu na academia a pedido da comissão técnica. O atacante ainda se envolveu em uma pequena polêmica na saída do estádio do Engenhão, quando foi cobrado por um grupo de torcedores que pediam comprometimento.

Mais conteúdo sobre:
Botafogo futebol Botafogo Libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.