Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Em busca da primeira Copa, Filipe Luis promete briga com Marcelo por titularidade

Lateral-esquerdo do Atlético de Madrid substitui colega do rival Real na terça-feira, em jogo contra a Colômbia

Bruno Tadeu, especial para O Estado de S. Paulo

02 Setembro 2017 | 22h48

A menos de um ano para a Copa do Mundo na Rússia, Filipe Luis vê a titularidade contra a Colômbia, na próxima terça-feira (5), pelas Eliminatórias, como oportunidade de ouro. Preterido por Felipão em 2014, o lateral-esquerdo se mostrou ciente da concorrência por uma vaga na seleção, em coletiva de imprensa após o treino em Manaus, na tarde deste sábado, mas deixou um recado para o titular e suspenso Marcelo: “Vou fazer com que ele se sinta pressionado”.

Para Filipe, a metodologia de tratamento do técnico Tite e a confiança adquirida pelas vitórias nos últimos jogos são os fatores que impulsionam o desempenho dos jogadores. “Quando você começa a ganhar, o time recupera a confiança e o resultado é isso que está acontecendo hoje: torcida em harmonia, do nosso lado. Isso só se mantém com vitórias”, disse.

Na disputa pela lateral-esquerda com Marcelo, Filipe se diz tranquilo em relação à preferência pelo jogador do Real Madrid, mas promete acirrar a briga pela vaga. “Meu objetivo é colocar dúvida na cabeça do Tite. Quanto maior a concorrência, mais os jogadores trabalham”, disse. “Na forma como o time está desenhado, o lateral que entra tem que cumprir o que o time precisa. O Marcelo é diferente de mim, sem dúvida, mas o time está montado de uma forma específica, que fica fácil colaborar”, avalia.

Além da chance como titular, Filipe comemora sua 50ª convocação pela seleção brasileira. Convocado pela primeira vez em 2009, ele se lesionou às vésperas da Copa de 2010 e deu lugar a Maxwel na reserva de Marcelo em 2014. Ele tem 29 jogos pela seleção e dois gols marcados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.