1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Em carta, Álvaro Negrão renuncia à presidência do Guarani

Estadão Conteúdo

03 Setembro 2014 | 21h 12

Por estatuto, quem assume a presidência do clube paulista de forma provisória é Paulo Souza, presidente do conselho deliberativo

Sem perspectivas de administrar o Guarani, o presidente da diretoria executiva, Álvaro Negrão, renunciou ao cargo no início da noite, através de uma carta renúncia. Junto com ele saiu toda a diretoria, o que significa que o clube, mais uma vez, está entregue ao vento. Por estatuto, quem assume a presidência de forma provisória é Paulo Souza, presidente do conselho deliberativo. Ele terá até 60 dias para convocar e promover uma nova eleição.

Em dois anos este é o terceiro presidente a deixar o cargo. Antes deles tentaram comandar o clube o veterano Leonel Martins de Oliveira, que presidiu o clube nos anos 70 e 80, e depois Marcelo Mingone, de família tradicional na cidade.

Negrão estava no cargo há menos de um ano e também viu alguns pequenos grupos opositores inviabilizarem o que parecia ser a única alternativa para sanar com as dívidas estimadas em R$ 200 milhões, entre ações trabalhistas e encargos fiscais: a venda parcial ou total da área do Estádio Brinco de Ouro, pouco mais de 80 mil metros quadrados perto da região central de Campinas.

Um dos projetos era vender, para uso imobiliário, os arredores do Brinco, que seria destruído e em seu lugar construído um estádio bem menor, com capacidade de cerca de 20 mil torcedores.

TIME NA MÃO

A renúncia da diretoria deixou, de novo, o elenco e a comissão técnica sem opções. Os salários estão atrasados há um mês e meio e todos esperavam receber uma parte nesta quarta-feira, quando aconteceu a renúncia geral. Era uma promessa feita pela direção na semana passada.

Os jogadores nem treinaram e ao final da tarde o experiente meia Fernando Fumagalli comunicou aos colegas que não tinha obtido nenhuma posição sobre os pagamentos. Isso pode gerar, inclusive, uma greve dos jogadores e até a não presença do time contra o Guaratinguetá, sábado, pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. O jogo será disputado na Arena Barueri.

Com 15 pontos, o Guarani ocupa a oitava posição no Grupo B e luta contra o rebaixamento. Está na frente apenas do São Caetano, com 12, e do Duque de Caxias, com seis pontos ganhos.