1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Em má fase, Porto demite técnico espanhol Julen Lopetegui

- Atualizado: 08 Janeiro 2016 | 13h 10

O Porto anunciou nesta sexta-feira a demissão do técnico espanhol Julen Lopetegui. O treinador não resistiu ao momento ruim vivido pelo time, que vem de três jogos sem vitórias e recentemente amargou uma dura eliminação na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa.

Por meio de um breve comunicado, o clube português apenas informou sobre a saída do comandante e avisou que Rui Barros assumiu interinamente a direção técnica da equipe. Sem falar sobre as razões para a decisão, somente destacou que "Porto e Julen Lopetegui estão neste momento a negociar os termos da rescisão do contrato".

O técnico espanhol tinha contrato com o clube até 2017, mas em quase dois anos no clube não conseguiu fazer o time ganhar nenhum título. Os insucessos em campo também contrastam com o alto investimento feito pelo clube no ano passado, quando gastou 37 milhões de euros em reforços, entre eles o goleiro Casillas, ídolo histórico do Real Madrid.

A pressão por resultados fica clara pelo fato de que o Porto hoje figura na vice-liderança do Campeonato Português, atrás apenas do Sporting. Lopetegui, por sua vez, nunca havia dirigido um clube da elite, tendo apenas acumulado experiência sob o comando de seleções de base da Espanha, com a qual foi campeão europeu sub-19 e sub-21.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX