1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Em treino para 10 mil, Cristiano Ronaldo exibe precaução

RICARDO BRANDT - Agência Estado

18 Junho 2014 | 13h 30

A derrota por 4 a 0 para a Alemanha na estreia da Copa pode ter afetado emocionalmente os jogadores de Portugal, mas não diminuiu o frisson gerado entre torcedores, que na manhã desta quarta-feira foram ao Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, para assistir o segundo treino aberto da seleção durante este Mundial.

Boa parte dos presentes estava mais interessada nos trejeitos de Cristiano Ronaldo do que no desempenho da equipe. O craque galã, eleito pela Fifa o melhor jogador do mundo na última eleição da Bola de Ouro, saiu 15 minutos antes do fim do treino, com uma compressa de gelo no joelho esquerdo por precaução.

Como fez da primeira vez, jogou uma camiseta da equipe para os torcedores, além de ter autografado uma chuteira jogada no gramado e tirou fotos com fãs. Antes do treino, trocou camisetas com o goleiro da Ponte Preta, Roberto. O time de Campinas é anfitrião da equipe.

O garoto João Vitor, de 8 anos, saiu do estádio levando o "troféu particular" mais desejado pelos cerca de 10 mil torcedores que foram ao Moisés Lucarelli. Um torcedor que invadiu o campo e correu em direção a Cristiano Ronaldo foi contido pela Polícia Militar.

Os titulares do jogo contra a Alemanha fizeram alongamento e aquecimento apenas. Só os reservas participaram de um treino tático com bola em campo reduzido. Pela Fifa, cada seleção deve fazer um treino aberto. Essa segunda atividade aberta ao público da seleção portuguesa, que durou cera de uma hora e teve forte esquema de policiamento, foi fruto de um acordo da Federação Portuguesa de Futebol com a prefeitura de Campinas.

Portugal volta a jogar na Copa do Mundo no próximo domingo, contra os Estados Unidos, às 19 horas, na Arena Amazônia, em Manaus, pela segunda rodada do Grupo G.

Copa 2014