Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Em vantagem, Grêmio usa reservas diante do Goiás para avançar na Copa do Brasil

Em crise, time goiano ainda não terá novo técnico Ney Franco comandando a equipe

Estadão Conteúdo

09 Maio 2018 | 06h50

Com boa vantagem construída na partida de ida, o Grêmio recebe o Goiás nesta quarta-feira, às 19h30, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. No último domingo, o time goiano anunciou Ney Franco como seu novo treinador, mas ainda será comandado pelo interino Augusto César.

+ Após brilhar em goleada, Maicon renova contrato com o Grêmio até 2021

+ Kannemann é denunciado pelo STJD e pode virar desfalque no Gre-Nal

No primeiro jogo, o Goiás recebeu o Grêmio no estádio Serra Dourada, em Goiânia, e perdeu por 2 a 0. Sem critério de gols marcados fora de casa, o time goiano precisa de uma vitória por três ou mais gols de diferença para conseguir a classificação direta. Em caso de vitória esmeraldina por dois gols de vantagem, a vaga será definida nos pênaltis. Mas o time de Goiás está em crise, com um ponto em quatro jogos e na zona de rebaixamento na Série B do Campeonato Brasileiro.

O Grêmio, de Renato Gaúcho, realizou o último treino antes do confronto com os portões fechados. O treinador deve mandar a campo um time repleto de reservas. Suspenso para o clássico contra o Internacional neste domingo, pela quinta rodada do Brasileirão, o volante Ramiro deve ser o único titular a enfrentar o Goiás. Para isso, Alisson deve ficar no banco de reservas.

Como Paulo Miranda lesionou o ombro esquerdo, Michel deverá atuar como zagueiro. Mas Jael deverá ser o centroavante escolhido por Renato Gaúcho, que visa dar ritmo ao atleta para a Copa Libertadores. Hernane, a outra opção, segue se recuperando de dores abdominais.

Depois da goleada em cima do Santos por 5 a 1, o próprio técnico tratou de serenar os ânimos "porque precisamos manter os pés no chão". Além disso, não confirmou a escalação do time, mas garantiu que "quem entrar vai dar o máximo pela vitória porque o Grêmio só tem este objetivo em qualquer jogo que dispute".

Além da mudança no comando, a entrada de Ney Franco no lugar de Hélio dos Anjos, o Goiás deverá ter um time com novidades. Augusto César, que comandará de forma interina, deve mandar a campo o jovem meia-atacante Samuel, de 19 anos, que estreará no time profissional. Outro que fará a sua primeira partida é o recém-contratado lateral-direito André Krobel.

Na lateral esquerda, Jefferson deve voltar e ser titular. O visitante ainda tem uma dúvida no gol. Alvo de críticas, o então titular Marcelo Rangel poderá ser substituído por Marcos, contratado do Atlético Goianiense.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.