Rafael Fernandes/Guarani Press
Rafael Fernandes/Guarani Press

Empate dramático sem gols livra o Guarani e rebaixa o Luverdense

Equipe de Campinas segura 0 a 0 no Brinco de Ouro

Estadão Conteúdo

17 Novembro 2017 | 21h42

Um empate dramático manteve o Guarani no Campeonato Brasileiro da Série B em 2018. Nesta sexta-feira, o time alviverde não fez uma boa partida, mas jogou com o "regulamento debaixo do braço" ao empatar sem gols com o Luverdense, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP). O resultado pela 37.ª e penúltima, rebaixa o adversário para a Série C ao lado de ABC, Náutico e Santa Cruz.

+ Interino agradece, mas Inter diz que buscará técnico para 2018

Com o resultado, o Guarani chegou aos 44 pontos e não pode mais ser ultrapassado pelo Luverdense, que tem 41, mas duas vitórias a menos (11 contra 9). Outros cinco times comemoraram o empate em Campinas. Figueirense, Goiás, CRB, Paysandu e Boa não têm mais chances de ser rebaixados.

Agora, os dois times apenas cumprem tabela na 38.ª e última rodada, marcada para o próximo dia 25, um sábado. Os campineiros enfrentam o Internacional, às 17h30, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, enquanto que os mato-grossenses se despedem contra o Náutico, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT).

Nem parecia que o Luverdense era quem precisava da vitória para seguir vivo na luta contra o rebaixamento. Jogando em casa, o Guarani começou pressionando e criou boa chance em cabeçada de Willian Rocha. Aos poucos, o time mato-grossense equilibrou a partida e assustou em finalização de Rafael Silva para fora. A melhor oportunidade, porém, foi criada pelos campineiros aos 36 minutos. Richarlyson arriscou de fora da área e acertou o travessão do goleiro Diogo Silva.

Logo aos cinco minutos do segundo tempo, Diego Jussani afastou mal e a bola sobrou nos pés de Rafael Silva, que finalizou de primeira e viu a bola "lamber" a trave do goleiro Leandro Santos. O Guarani respondeu em uma bomba de Betinho defendida por Diogo Silva.

Nos minutos finais, o time campineiro abdicou de jogar e viu o Luverdense perder a cabeça, tanto que Erik e Marcos Aurélio foram expulsos pelo árbitro baiano Jailson Macedo Freitas. Depois disso, foi esperar o apito final para comemorar a permanência na Série B. Teve muita festa, dentro e fora de campo, muita vibração e choro à vontade.

FICHA TÉCNICA

GUARANI 0 x 0 LUVERDENSE

GUARANI - Leandro Santos; Lenon, Diego Jussani, Willian Rocha e Salomão; Baraka, Betinho, Bruno Nazário, Fumagalli (Luiz Fernando) e Richarlyson (Paulinho); Bruno Mendes (Ewerton Páscoa). Técnico: Lisca.

LUVERDENSE - Diogo Silva; Aderlan, Pablo, William e Paulinho; Guly (Ricardo), Marcos Aurélio e Sérgio Mota; Rafael Ratão (Erik), Rafael Silva e Douglas Baggio (Léo Cereja). Técnico: Júnior Rocha.

CARTÕES AMARELOS - Leandro Santos e Betinho (Guarani); William, Erik, Sérgio Mota e Pablo (Luverdense).

CARTÕES VERMELHOS - Erik e Marcos Aurélio (Luverdense).

ÁRBITRO - Jailson Macedo Freitas (BA).

RENDA - R$ 58.834,00.

PÚBLICO - 6.648 pagantes.

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.