Envolvimento com apostas não tira Buffon da Copa

O goleiro Gianluigi Buffon foi convocado nesta segunda-feira para disputar a Copa do Mundo, apesar das acusações de envolvimento com apostas em resultados de jogos de futebol. Buffon admitiu ter feito apostas, mas apenas quando os jogadores eram autorizados - no início da atual temporada, em agosto do ano passado, isso foi proibido. Ele diz ainda que nunca se envolveu em apostas com futebol, apenas com outros esportes. Mas o técnico Marcelo Lippi, que trabalhou com Buffon na Juventus, na década de 90, não abriu mão do goleiro, que é titular absoluto da seleção desde a Copa de 2002 - só não jogou a Eurocopa de 2000 por causa de uma contusão sofrida às vésperas do torneio, do qual a Itália foi vice-campeã. O escândalo não tem envolvimento direto, no entanto, com a crise de fraudes e manipulação de resultados que envolve o futebol italiano e que pode cassar o título da Juventus. Na lista de convocados, o Milan leva vantagem, com cinco jogadores, contra quatro do time de Turim. E o próprio Lippi será investigado, pois é acusado de convocar jogadores sob encomenda. A surpresa maior é justamente a presença de Inzaghi, do Milan, que havia ficado de fora da seleção desde a última Eurocopa, em 2004, mas ganhou espaço com suas boas atuações na temporada - o Milan foi vice-campeão italiano e chegou às semifinais da Liga dos Campeões. Vieri, que marcou três dos quatro gols italianos na última Copa, ficou de fora, por não se recuperar a tempo de uma contusão. Além dos 23 convocados - que atuam, sem exceção, no próprio país -, Lippi chamou mais quatro jogadores que trabalharão com o grupo e podem ser inscritos em caso de contusão: o goleiro Morgan De Sanctis, da Udinese, o zagueiro Daniele Bonera, do Parma, e os meias Marco Marchionni, do Parma, e Franco Semioli, do Chievo. Confira os 23 convocados da Itália para a Copa do Mundo Goleiros: Gianluigi Buffon (Juventus) Angelo Peruzzi (Lazio) Marco Amelia (Livorno) Defensores: Cristian Zaccardo (Palermo) Alessandro Nesta (Milan) Fabio Cannavaro (Juventus) Gianluca Zambrotta (Juventus) Marco Materazzi (Inter de Milão) Fabio Grosso (Palermo) Massimo Oddo (Lazio) Andrea Barzagli (Palermo) Meio-campistas: Andrea Pirlo (Milan) Gennaro Gattuso (Milan) Daniele De Rossi (Roma) Mauro Camoranesi (Juventus) Simone Perrotta (Roma) Simone Barone (Palermo) Atacantes: Luca Toni (Fiorentina) Alessandro Del Piero (Juventus) Francesco Totti (Roma) Alberto Gilardino (Milan) Filippo Inzaghi (Milan) Vincenzo Iaquinta (Udinese)

Agencia Estado,

15 Maio 2006 | 13h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.