Estudiantes pode perder 8 jogadores para jogo de volta

O São Paulo pode encontrar um time bastante modificado e debilitado no dia 19 de julho, quando acontecerá o jogo da volta deste confronto pela quarta-de-final da Copa Libertadores. Há oito jogadores do Estudiantes - Herrera, Alvarez, Araujo, Nuñez, Esmerado, Galvan, Guerrero e Calderón - com o contrato terminando. Não se sabe se a renovação será feita. O técnico Burruchaga também pode sair. Por conta disso, o Estudiantes lutou e conseguiu junto à Conmebol o direito de inscrever três novos jogadores para o próximo jogo com o São Paulo. Elas devem ser feitas até 48 horas antes da partida. O gol no final não é nenhuma novidade para o Estudiantes. Contra o Sporting Cristal na primeira fase, o time perdia por 3 a 0 e ganhou por 4 a 3 com um gol de Luguércio aos 45 minutos do segundo tempo. O mesmo jogador marcou aos 38 do segundo tempo na vitória por 1 a 0 contra o Independiente de Santa Fé. A classificação chegou com uma nova virada de 2 a 1, desta vez sobre o Bolívar. Os gols foram de Pavone aos 33 e 46 do segundo tempo. E o Goiás perdeu por 2 a 0 com dois gols de Calderón aos 36 aos 46 minutos do segundo tempo.

Agencia Estado,

11 Maio 2006 | 14h56

Mais conteúdo sobre:
libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.