Etti confiante para enfrentar Lusa

Confiante de que pode ser um dos semifinalistas do Torneio Rio-São Paulo, o Etti Jundiaí enfrenta a Portuguesa de Desportos, no Canindé, neste domingo, como se fosse uma decisão. Esta partida passou a ter importância chave nos planos de alcançar uma vaga na próxima fase. A própria tabela colocou o jogo nesta condição, porque os dois últimos jogos do Etti são relativamente fáceis. Primeiro será contra o lanterna América, em Jundiaí, e depois contra o já desclassificado Flamengo, no Maracanã. "Se somarmos um ponto em São Paulo poderemos manter vivas as chances de classificação", prevê o técnico Giba. O Etti tem 20 pontos, dividindo a quarta posição com dois clubes cariocas: Vasco da Gama e Botafogo. No time a confiança é total. Não há nenhum jogador suspenso e só o meia Marcinho deu um susto quinta-feira, quando torceu o tornozelo esquerdo. Mas o próprio jogador não admite ficar fora desta decisão: "Não perco este jogo por nada". Vágner Mancini também espera voltar ao time depois de ficar afastado por mais de um mês devido uma contusão. Ele entraria no lugar de Léo. Esta é uma das dúvidas de Giba, que também não sabe quem será o companheiro de Jean Carlos no ataque. Cléber tem mais chances que Nenê. "Isso só vou definir nos vestiários", afirma Giba, mantendo o suspense. A torcida também está empolgada com a situação favorável do time. Cerca de 500 torcedores devem acompanhar a equipe time até o Canindé.

Agencia Estado,

30 Março 2002 | 17h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.