Etti ganha e aumenta crise no Santos

O Etti Jundiaí derrotou o Santos por 2 a 1, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, e chegou aos 19 pontos, mantendo suas chances de classificação no Torneio Rio-São Paulo. Já a equipe santista, com apenas 15 pontos, sofre ameaça de rebaixamento e se afunda na crise, que pode até resultar na saída do técnico Celso Roth. Os torcedores do Santos protestaram mais uma vez, vaiando e atirando todo tipo de objeto nos jogadores quando eles deixavam o gramado da Vila Belmiro. O time do Santos entrou ansioso em campo, necessitando vencer a partida de qualquer maneira. E isso acabou refletindo na hora de concluir para a gol: o time encontrava facilidade para penetrar na defesa do Etti, mas desperdiçava as oportunidades. Mesmo dominando a partida, o Santos foi surpreendido num rápido contra-ataque do Etti Jundiaí aos 25 minutos. No lance, Marcinho e Jean Carlos fizeram uma boa tabela e, na saída do goleiro Fábio Costa, Jean Carlos fez 1 a 0. O Santos continuou dominando a partida até conseguir o empate. Aos 33 minutos, Diego cobrou falta com um chute forte no canto esquerdo do goleiro Arthur e fez 1 a 1. No intervalo, Celso Roth mudou seu time, trocando Oséas por William. Mesmo assim, foi o Etti quem levou perigo pela primeira vez na segunda etapa. Logo aos 2 minutos, Nenê ficou livre dentro da área, na frente de Fábio Costa, mas desperdiçou a chance. Passado o susto, o Santos retomou o domínio do jogo. Aos 6 minutos, Robert deu um belo chute, mas Arthur defendeu bem. Na seqüência, Renato desperdiçou o rebote. Dez minutos depois, numa mesma jogada, Diego acertou a trave, pegou o rebote e novamente a bola bateu no travessão. Aos 19, foi a vez Etti parar na trave, na falta cobrada por Dedimar. A partir disso, o Etti abandonou o esquema defensivo e foi ao ataque. Assim, conseguiu marcar seu gol aos 31 minutos. Marcinho aproveitou cruzamento da direita e fez 2 a 1. No desespero, o Santos tentou o empate, mas não conseguiu nada, irritando ainda mais a sua torcida.

Agencia Estado,

20 Março 2002 | 23h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.