1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

EUA chegam a Recife com muita polícia e pouca torcida

Daniel Batista - enviado especial a Recife - O Estado de S. Paulo

24 Junho 2014 | 20h 22

Policiais escoltaram o ônibus da seleção, fizeram um cordão de isolamento com motos e ficaram em algumas sacadas de prédios

A delegação dos Estados Unidos chegou na noite desta terça-feira ao Recife, onde enfrenta a Alemanha na quinta, cercada por muitos policiais. Enquanto isso, poucos torcedores apareceram para dar apoio à equipe norte-americana antes da disputa da última rodada do Grupo G da Copa do Mundo.

Além dos tradicionais policiais fazendo escolta do ônibus da seleção durante o deslocamento, algo que chamou bastante a atenção nesta terça-feira foi o fato de policiais militares ficarem nas sacadas dos prédios ao redor do hotel para vigiar o que acontecia por cima.

Também foi criado uma espécie de cordão de isolamento feito por policiais e motos oficiais, algo que não aconteceu na chegada de outras seleções ao Recife, uma das 12 sedes da Copa do Mundo.

A segurança é algo que causa muita preocupação para os norte-americanos. Tanto que eles chegaram a sondar a possibilidade de fechar uma parte da praia de Boa Viagem, já que uma das entradas do hotel fica na frente da praia, mas a ideia não foi adiante.

Os Estados Unidos precisam de um empate com a Alemanha, na quinta-feira, na Arena Pernambuco, para confirmarem a classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo

Copa 2014