Gilvan de Souza/Divulgação
Gilvan de Souza/Divulgação

Éverton e Arthur Maia deixam o departamento médico do Flamengo

Clube trata o retorno da dupla cautela, para evitar novas lesões 

Estadão Conteúdo

16 Março 2015 | 20h33

O departamento médico do Flamengo começou a ser esvaziado nesta segunda-feira. Éverton e Arthur Maia, de fora do time já há algumas semanas, foram entregues à preparação física e correram ao redor do gramado do Ninho do Urubu nesta tarde, enquanto os reservas realizavam treino com bola.

Tanto Éverton, recuperado de um edema na coxa esquerda, quanto Arthur Maia, que vinha com desgaste muscular, ainda não têm previsão de volta ao time comandado por Vanderlei Luxemburgo. O clube trata o retorno deles com cautela, para que minimizar o risco de novas lesões.

Após o treino, o lateral-direito Pará concedeu entrevista coletiva e falou do seu bom momento: "Trabalho com seriedade e estou tentando aproveitar as oportunidades. Quero alcançar meus objetivos aqui, fazer história e corresponder à altura a responsabilidade de vestir esta camisa".

Mais conteúdo sobre:
futebol Flamengo Campeonato Carioca

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.