Exame em 25 de maio define permanência de Rooney

A questão mais importante da Inglaterra nos últimos dias será respondida no dia 25 de maio: Wayne Rooney poderá jogar a Copa do Mundo? Daqui a oito dias, o atacante do Manchester United será submetido a um exame que dará a resposta definitiva sobre suas possibilidades de se recuperar da fratura no pé direito, sofrida no jogo contra o Chelsea, após uma entrada violenta do português Paulo Ferreira. "Rooney fora da Copa? Não acho que nem ele mesmo acredite nisso, é claro que ele estará lá", disse o técnico da seleção inglesa, Sven-Goran Eriksson, que comanda um período de treinos em Vale do Lobo, no litoral de Portugal, sem Rooney, que ficou na Inglaterra em tratamento com médicos do Manchester. O técnico disse que mantém o otimismo em contar com o atleta de 20 anos. "Não por causa de razoes médicos, mas porque sei que ele fará tudo o que for possível para entrar em forma", afirmou o treinador. Eriksson, que deixará o cargo após a Copa, ganhou uma boa notícia nos dois dias de treino em Portugal: Michael Owen, seu outro titular no ataque, mostrou que está novamente em forma, depois de um difícil processo de recuperação de uma lesão parecida com a de Rooney. O atacante do Newcastle jogou apenas 30 minutos desde 31 de dezembro, data em que se machucou. Depois de treinar com a seleção, Owen disse que está pronto para jogar. "Se houvesse um jogo da Copa amanhã, eu estaria em condições de entrar em campo", afirmou o jogador, para alegria de Eriksson. "Rooney e Owen seria a melhor formação que poderíamos ter", disse o treinador. A Inglaterra estréia no dia 10 de junho, contra o Paraguai, em Frankfurt. Antes da Copa, terá ainda dois amistosos, ambos em Manchester, contra a Hungria, no dia 30, e a Jamaica, em 3 de junho.

Agencia Estado,

17 Maio 2006 | 15h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.