Fabrício reforça o ataque da Ponte

A Ponte Preta confirmou mais um reforço para a disputa do Campeonato Brasileiro. É o atacante Fabrício Carvalho, do União Barbarense, que terá em Campinas a dura missão de substituir Washington, o maior artilheiro da Ponte nas últimas temporadas e que foi vendido ao Fenerbahce, da Turquia, por US$ 8 milhões. Fabrício tem 23 anos e marcou 11 gols no Campeonato Paulista. A sua principal característica é o jogo aéreo, bastante semelhante ao ex-artilheiro do time. A Ponte pagou R$ 130 mil para ficar com 20% do atestado liberatório do atacante, que vai receber R$ 10 mil por mês. O novo reforço, porém, está fora de forma física e não participará da estréia do time no Brasileiro contra o Juventude, domingo, em Caxias do Sul-RS. O técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, praticamente confirmou o time com quatro desfalques por causa de contusão: o zagueiro Alex, o meia Piá, o meia Hernani e o atacante Lucas. Vadão comandou um coletivo pela manhã e preferiu à tarde somente fazer uma sessão de relaxamento na piscina. "Com tantos problemas, não quero colocar os jogadores em risco", explicou Vadão. Na semana em que comemora 102 anos de fundação, a diretoria apresentou a conselheiros e convidados o uniforme três do time. É uma réplica da camisa usada pelo time na temporada de 1969, quando conquistou o título paulista da segunda divisão. Ela tem duas listras pretas verticais do lado esquerdo. Com esta camisa a Ponte conquistou seu único título. O clube também apresentou o novo lay-out de seu site oficial (www.pontepretaesportes.com.br). Nesta quinta-feira será reaberta a Loja da Macaca, onde os torcedores podem encontrar todos os tipos de souveniurs do clube.

Agencia Estado,

07 Agosto 2002 | 18h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.