1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Falcao Garcia celebra acerto com Manchester United após 'dia longo'

Estadão Conteúdo

02 Setembro 2014 | 09h 37

Emprestado ao time inglês, colombiano diz que fica 'muito feliz' com a concretização do negócio, que só ocorreu no último dia da janela

Falcao Garcia admitiu alívio após sacramentar sua transferência do Monaco para o Manchester United, por empréstimo, na noite de segunda-feira. O atacante colombiano já era dado como certo no clube inglês desde o início do dia, o último da janela de transferências da Europa, mas a concretização do acordo acabou se alongando e só foi definida nas horas finais da janela.

"Foi um dia muito longo. Foi duro, difícil. Estávamos esperando até o último minuto, mas eu não perdi minha fé. Agora eu quero agradecer a Deus por isso. Estou muito feliz", declarou o jogador, em entrevista ao site do Manchester United.

Matt Dunham/AP
Especulado no Real Madrid, Falcao fechou com o Manchester United

O acerto de Garcia com o clube da Inglaterra surpreendeu ao ser cogitado pela imprensa local porque sua transferência para o Real Madrid já era dada como certa desde a semana passada. O time da Espanha teria até se desfeito de jogadores importantes, como Angel Di María, para poder bancar a chegada do colombiano.

No entanto, o atacante e o Monaco acabaram decidindo pelo Manchester. As partes envolvidas não revelaram os valores da negociação, mas especula-se que Garcia deverá receber salário de R$ 5 milhões, o que seria o maior do futebol inglês.

Apesar da negociação conturbada, Garcia evitou citar o Real Madrid e disse apenas que sempre sonhou em jogar no futebol da Inglaterra. "Estou muito feliz em fazer parte deste grande clube. Esperei muito por este momento durante o ano. Agora sou jogador do Manchester United. Eu tinha o sonho de jogar no Campeonato Inglês", declarou.

O colombiano também disse estar empolgado por poder trabalhar com o técnico Louis Van Gaal. "Estou ansioso por isso. Van Gaal é um treinador muito bom, com muita experiência. Quero dar o máximo pelo time, por ele e pelos torcedores", afirmou.