Federação tenta impedir queda do Fortaleza no Estadual

FCF pede efeito suspensivo contra o TJD-CE e confirma semifinal

LAURIBERTO BRAGA, Estadão Conteúdo

27 Março 2015 | 15h53

A Federação Cearense de Futebol (FCF) entrou nesta sexta-feira com um pedido de efeito suspensivo contra a decisão do Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol (TJDF-CE) de excluir o Fortaleza do Campeonato Cearense deste ano e rebaixá-lo para a Série B do Estadual de 2016. A Federação, assim, mantém os jogos semifinais da atual edição do campeonato entre Icasa x Fortaleza e Guarani de Juazeiro x Ceará.

Já o presidente do Fortaleza, Jorge Mota, anunciou no final da manhã desta sexta que vai recorrer ao Pleno do TJDF-CE contra a decisão da Primeira Comissão de punir o time por não ter esgotado todas as instâncias esportivas até ingressar na Justiça comum em 2002. O Fortaleza reivindica o título de campeão cearense de 2002 do Ceará por ter lançado o atacante costa-riquenho David Madrigal que, segundo o tricolor, não tinha visto trabalhista. 

"Eu sei que o torcedor do Fortaleza está revoltado. Estamos muito mais. No entanto a decisão não reflete o pensamento do Tribunal de Justiça Desportiva, mas tão somente de um procurador de Justiça Desportiva e de três auditores. Por isso estamos recorrendo ao Pleno", comunicou o presidente Jorge Mota.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.