1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Felipão defende Willian e minimiza pênalti perdido

SÍLVIO BARSETTI - Agência Estado

29 Junho 2014 | 12h 07

Ainda no vestiário da seleção brasileira, no Mineirão, na tarde de sábado após o jogo com o Chile, o técnico Luiz Felipe Scolari conversou com o meia Willian, a quem abraçou e disse palavras de incentivo.

Felipão notou que o jogador se abalara ao perder um pênalti nas cobranças que decidiram a vaga do Brasil para as quartas de final da Copa do Mundo, após empate por 1 a 1 no tempo normal e na prorrogação. Willian chutou a bola para fora. Depois dele, Hulk também não converteu um pênalti.

Em entrevista no Mineirão, o técnico contou que na conversa com o atleta enfatizou que o erro "vai acrescentar muito" na carreira dele, como "acúmulo de experiência para o futuro."

"O Willian é novo, precisava passar por uma situação como essa. Ele bate bem pênaltis. Naquele não teve sorte, mas Copa do Mundo serve pra isso também, pra deixar o jogador mais amadurecido", disse o treinador.

Copa 2014