1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Felipão ressalta folga antes de '30 dias de dedicação total'

Robson Morelli - O Estado de S. Paulo

06 Junho 2014 | 19h 14

Treinador admitiu que o jogo contra a Sérvia foi um bom teste para a seleção e disse que a equipe brasileira está pronta para a Copa

No vestiário do Morumbi, após a vitória de 1 a 0 do Brasil sobre a Sérvia, Felipão deu o seguinte recado para seus jogadores: 'Aproveitem intensamente a folga até domingo porque depois disso vocês terão uma Copa pela frente e serão 30, 33 dias de dedicação total'. O treinador também disse que a seleção brasileira está pronta. 

Sobre o jogo com a Sérvia ele admitiu ter sido um bom teste, valorizou a qualidade do adversário, mas fez questão de destacar o empenho dos seus jogadores, que não pararam de se movimentar um só instante para conseguir o resultado.

O treinador só torceu o nariz quando foi colocado contra a parede pela sua insistência com Oscar em detrimento de Willian, que vem treinando bem na Granja Comary e parece que virou um clamor popular na boca do torcedor. Nem bem ouviu a pergunta na tenda da entrevista coletiva para Felipão esbravejar.

JF Diorio/Estadão
Felipão ressaltou o teste da seleção a seis dias da abertura da Copa

 

 "Pode parar... Quem escala o Oscar sou eu. Sou pago para isso. Não adianta a crônica, o João, o José, o Juca pedirem esse ou aquele jogador. Eu escalo", disse. Quem conhece Felipão sabe que ele vai manter Oscar no time para a estreia contra a Croácia. Ele prefere olhar para Willian como opção para mudar o jogo, portanto, para o segundo tempo.

A Sérvia foi de fato um enrosco para o Brasil, como imaginou Felipão na véspera e também como ele tenta preparar seu time para a Copa do Mundo. "Estamos ansiosos para começar a competição. Temos mais alguns dias para trabalhar, mas fisicamente não há muito mais a acrescentar. Taticamente, o Brasil está pronto. Há algumas jogadas em que precisamos obter melhores resultados, como na bola parada no ataque. Mas tudo o que precisava ser feito lá na nossa Granja, foi feito."

Felipão fez questão de ressaltar a visita do técnico Rubens Minelli no hotel na seleção em São Paulo. Pinçou uma declaração do amigo para dizer o quanto é importante que todos no grupo entendam o que é disputar uma Copa do Mundo, sobretudo no Brasil. "O Minelli disse uma coisa que eu nunca pensei. Comentou aos jogadores que eles vão dar 30 dias de suas vidas para a seleção e poderão ter paz nos próximos 1.430 dias, que é o tempo até a abertura da Copa de 2018." 

A delegação ganha folga neste sábado e na manhã de domingo. A reapresentação está marcada para o meio dia de domingo, na Granja Comary. O Brasil estreia dia 12, contra a Croácia, na Arena Corinthians, também em São Paulo.

Copa 2014