Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Felipe Melo treina como zagueiro do Palmeiras pelo segundo dia consecutivo

Volante será testado na nova posição no jogo-treino desta sexta-feira com o Desportivo Brasil

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

05 Outubro 2017 | 18h15

Pelo segundo dia consecutivo, o volante Felipe Melo foi utilizado como zagueiro pelo técnico Cuca. No treinamento desta quinta-feira, o atleta foi o responsável pela sobra e pela cobertura na marcação palmeirense. Reintegrado ao elenco há um mês, o jogador ainda não tem seu retorno definido. Cuca afirmou que ele poderá ser testado no jogo-treino desta sexta-feira diante do sub-20 do Desportivo Brasil, na Academia de Futebol.

A última atuação do volante foi na eliminação para o Cruzeiro, na Copa do Brasil. Dias depois, em áudio vazado na internet, chamou o técnico de "mau caráter", o que determinou seu afastamento.

Durante o período, não surgiram clubes interessados. Como não foi definido um acordo de rescisão, Felipe Melo acabou sendo reintegrado. O clube pretendia evitar qualquer sanção judicial, pois a defesa do jogador chegou a notificar o clube extrajudicialmente alegando assédio moral pelos treinos em horários alternativos. Agora, o treinador dá pista de que ele poderá voltar. Como zagueiro. 

No treinamento desta quinta-feira, Cuca ainda não deu pistas da escalação que vai utilizar na partida com o Bahia, dia 12, pelo Campeonato Brasileiro. Uma das dúvidas é a escolha do substituto de Mayke, que está suspenso. Jean foi escolhido para atuar na lateral neste treinamento; as outras opções são Fabiano e Tchê Tchê, que poderá ser improvisado.

PUNIÇÃO. 

O Palmeiras está livre da punição imposta pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) por causa da briga entre torcidas organizadas na partida contra o Sport, na Arena Pernambuco, em julho. O tribunal havia punido o clube com sete jogos sem torcida quando atuasse como visitante. Além disso, a organizada não poderia levar adereços para a arena. Nesta quinta-feira, a defesa do Palmeiras conseguiu reverter a situação alegando incompetência do STJD para julgar fatos ocorridos fora do estádio.

Todos os auditores votaram a favor da absolvição do Palmeiras. Com o resultado do julgamento, o Palmeiras pode contar com sua torcida visitante, que costuma preencher todos os espaços. O próximo jogo do Palmeiras fora de casa será diante o Atlético-GO, em Goiás. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.