1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Fifa admite erro ao exibir tira-teima em gol de Fred

JAMIL CHADE - Agência Estado

24 Junho 2014 | 11h 55

A Fifa erra ao avaliar a regra do impedimento e admite que sua produção de TV se equivocou ao mostrar a linha de impedimento no gol de Fred, no jogo entre Brasil x Camarões. O artilheiro teve seu gol confirmado. Mas o erro colocou ainda mais pressão sobre a arbitragem, acusada por alguns de estar favorecendo o Brasil na Copa. 

O gol de Fred foi o terceiro da seleção, depois de um cruzamento de David Luiz. O Brasil precisava de um salto de gols importante, justamente para se manter na primeira colocação do grupo e evitar, nas oitavas de final, um confronto com a Holanda. Ele estava atras da linha da bola.

Mas o replay mostrado pela televisão da Fifa apontava para uma linha de impedimento baseado na posição dos jogadores, e não a posição da bola. "Houve uma confusão", confessou Niclas Ericson, diretor de televisão da Fifa. "Estamos discutindo porque a linha foi colocada de forma errada", admitiu.

"É uma decisão muito rápida para as equipes de televisão. Mas erros podem ocorrer", insistiu. Ericson evitou continuar a falar do assunto. "Temos os melhores especialistas do mundo", declarou. "Estamos revendo a situação para evitar erros no futuro", completou.

O replay da Fifa gerou uma ampla discussão. Galvão Bueno, que narrava a partida pela TV Globo, insistiu que a linha estava em uma posição errada. Mas, por uma questão contratual, a emissora não poderia mostrar seu próprio tira-teima durante o jogo e teve de aguardar até o final. 

O Estado questionou a Fifa sobre a possibilidade de que a linha corrigida fosse mostrada ainda durante o jogo e Ericson evitou dar uma resposta. 

Hoje, a linha é colocada de forma manual por um técnico no estúdio da Fifa. Segundo o diretor de TV, porém, uma equipe reforçada será estabelecida para ajudar o diretor da transmissão a estabelecer onde foi a linha. 

"Essa é uma informação que emissoras gostam e querem mostrar", declarou Ericson. "Teremos mais gente para dar o apoio. Só temos de garantir que ele é feito da forma correta", completou. 

Tecnologia - Há apenas duas semanas, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, anunciou que quer o uso de replays durante os jogos. Sua proposta é de que, a cada partida, uma equipe tenha o direito de questionar duas vezes uma decisão do arbitro e pedir que um tira-teima seja utilizado. 

A proposta foi recebida com hesitação por parte do chefe dos árbitros da Fifa, Massimo Busaca. Mas a equipe técnica da entidade insistiu que tem condições de usar as 34 câmeras no estádio para fornecer a imagem. 

Copa 2014