1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Fifa e governo inauguram centro de imprensa da Copa

Marcio Dolzan - O Estado de S. Paulo

02 Junho 2014 | 12h 45

Espaço de 55 mil metros quadrados terá estúdio de TV da entidade

O Centro Internacional de Imprensa (IBC, na sigla em inglês) da Copa do Mundo foi inaugurado oficialmente no fim da manhã desta segunda-feira, no Riocentro, zona oeste do Rio. Instalado em um pavilhão com 55 mil metros quadrados, o IBC é o principal centro de trabalho para toda a imprensa credenciada para a cobertura do Mundial no Brasil.

"Nós não temos um jogo de futebol hoje, mas estamos dando um importante pontapé inicial para a transmissão da Copa do Mundo", afirmou o diretor da TV Fifa, Niclas Ericson, em seu breve discurso na cerimônia de inauguração. "Durante um mês teremos aqui o maior estúdio de TV do mundo", continuou.

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, aproveitou o evento para, nas entrelinhas, alfinetar os críticos do Mundial no Brasil. "Os primeiros times estão chegando e hoje inauguramos os IBC. Para quem tinha dúvida, a Copa já está acontecendo", destacou.

Marcos de Paula/Estadão
Promessa da Fifa é internet rápida para os jornalistas de todo o mundo

Representante do governo federal no evento, o secretário-executivo do ministério das Comunicações, Genildo Lins, falou do legado do IBC. "Ao final da Copa do Mundo, essa tecnologia implantada irá permitir o fornecimento de internet de alta velocidade a baixo custo", disse.

"Esse esforço nos permitiu, pela primeira vez, conectar a região amazônica com cabos de fibra ótica ao resto do País", completou Luís Fernandes, secretário-executivo do ministério do Esporte, também presente ao evento.

Luís Fernandes ainda aproveitou para prestar uma homenagem ao ex-lateral Marinho Chagas, que defendeu a seleção brasileira na Copa de 1974 e morreu no domingo. "Ele era um entusiasta da Copa e um entusiasta do esforço que a cidade de Natal fez para ser uma das sedes", lembrou.

Também presentes ao evento, o governador do Estado do Rio, Luiz Fernando Pezão, e o prefeito da cidade, Eduardo Paes, destacaram o legado que o IBC deixará ao Brasil. Paes ainda fez um pedido à imprensa mundial: "Mostrem as maravilhas que este País que tirou 30 milhões da pobreza nos últimos anos têm".

O IBC conta com 17 estúdios de TV, sendo o maior deles com 400m², e levou cinco meses para ser construído. Para servir aos milhares de profissionais de imprensa de todo o mundo que devem circular pelo local - no total, 15 mil estão credenciados para cobrir a Copa -, foram instalados 350 monitores de TV de 40 polegadas, 570 aparelhos de ar-condicionado e 3.425 tomadas. O cabeamento elétrico principal tem 67.542 metros, e o secundário, 49.749 metros.

Apesar de ter sido inaugurado oficialmente nesta segunda-feira, o IBC já funciona desde o dia 12 de maio. No total, 86 emissoras de rádio e TVs licenciadas de 41 países usarão as instalações do local.

Copa 2014