1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Fifa garante direito de defesa a Luis Suárez depois de mordida

Jamil Chade, enviado especial ao Rio - O Estado de S. Paulo

25 Junho 2014 | 10h 52

Comitê de Disciplina da entidade dá prazo para que a seleção uruguaia apresente argumentação sobre atitude do jogador 

A Fifa garante que Luis Suárez, jogador do Uruguai que teria mordido um atleta italiano, terá espaço para se defender. Em declarações na manhã desta quarta-feira no Maracanã, a entidade explicou que a delegação uruguaia terá até cinco horas desta tarde para apresentar sua argumentação e só depois o Comitê de Disciplina da Fifa vai avaliar o caso.

A Fifa confirma que abriu investigações em relação ao comportamento de Suárez. "Não temos ainda todos os elementos para tomar uma decisão", declarou Delia Fischer, porta-voz da Fifa. "O jogador tem o direito de ser ouvido", disse.

Pelas regras, o atacante pode pegar até três jogos de suspensão, o que o tiraria de um eventual confronto com o Brasil numa disputa de quartas de final. Mas a entidade, se considerar que o ato de Suárez foi uma agressão deliberada, pode ampliar a punição e o banir por toda a Copa do Mundo.

Ricardo Mazalan/AP
Pelas regras da Fifa, atacante pode pegar três jogos de suspensão

Segundo Delia Fischer, o Comitê de Disciplina da Fifa é um órgão independente. "Não cabe especulação neste momento", disse. "Primeiro, a entidade terá de definir em que situação o jogador será julgado", completou.

A punição máxima que a Fifa estabelece para um jogador é de 24 partidas de suspensão ou dois anos. Mas o máximo que foi aplicado na Copa do Mundo foi uma suspensão de oito jogos contra o italiano Mauro Tassotti por ter quebrado o nariz de Luis Enrique, da Espanha, em 1994.

O vice-presidente da Fifa, Jim Boyce e presidente do Comitê de Arbitragem, pediu também uma "punição exemplar" contra o uruguaio que atua pelo Liverpool - "Vi o incidente várias vezes pela televisão. Não existe duvida de que ele é um jogador fantástico. Mas, uma vez mais, suas ações o deixam exposto a críticas severas", disse.

"A Fifa precisa investigar o incidente de forma séria e tomar as medidas que sejam necessárias", completou. Essa é a terceira vez que Suárez morde um adversário. A última vez aconteceu em abril, na Inglaterra, e o jogador pegou dez jogos de suspensão.

TECNOLOGIA

Na avaliação do lance, os dirigentes vão ainda contar com as imagens detalhadas e de uma qualidade inédita produzidas pela Sony. A Copa de 2014 inaugurou o uso do sistema 8K, que representa uma definição 16 vezes mais detalhada que o que se pode ver em HD (alta definição). Daiseku Ito, da Sony, garante que a tecnologia permite, por exemplo, que se possa ver os olhos e sorriso da Mona Lisa.

Suárez não deve viajar até o Rio de Janeiro para ser ouvido. Mas sua posição deve ser apresentada por meio de documentos antes da 5 da tarde de hoje.

Existe uma possibilidade de um recurso, mesmo que ele seja suspenso. Mas a Fifa espera que o caso seja esclarecido antes do sábado, quando o Uruguai enfrenta a Colômbia no Maracanã. Um recurso ainda pode ser levado à Corte Arbitral dos Esportes, com sede em Lausanne. 

Copa 2014