1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Fifa ignora confusões e diz que venda de ingressos foi 'tranquila'

Jamil Chade  - O Estado de S. Paulo

04 Junho 2014 | 19h 37

Entidade afirma que não houve ocorrências consideradas anormais na comercialização da última cota de bilhetes para a Copa

Apesar da confusão nos pontos de venda e da frustração de muita gente, a Fifa garante que não houve nada que possa ser considerado anormal no dia em que a última cota de ingressos para a Copa foi vendida. Para a assessoria de imprensa da entidade, as vendas foram "muito positivas" e "bem tranquilas". "Muita gente saiu satisfeita", insistiu um delegado.

Segundo a  Fifa, em poucos minutos após a meia-noite desta quarta-feira, oito mil ingressos tinham sido vendidos pela internet. Na primeira hora, foram 26 mil entradas. Até as 6 horas, já tinham sido comercializados 160 mil. Às 19 horas, no último balanço divulgado, 198 mil bilhetes estavam nas mãos de seus donos - apesar de uma cota de 180 mil ingressos ter sido colocada à venda, a Fifa também incluiu nessa conta os que foram devolvidos e comprados novamente. Não há mais entradas para a abertura, final e semifinais, embora as vendas continuem, especialmente de ingressos devolvidos.

 

 

Werther Santana/Estadão
Confusão antes da abertura para a venda de ingressos em São Paulo

 

 

Em 2010, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, admitiu que o esquema de venda utilizado na Copa da África do Sul tinha de ser modificado, após sérios problemas, longas filas e, ao mesmo tempo, estádios com lugares vazios. A Fifa foi obrigada a distribuir ingressos para crianças carentes para preencher os estádios. Em 2011, a entidade começou uma reforma profunda para avaliar de que forma seria a comercialização de ingressos para o Brasil, de forma a evitar novos problemas.

Para a entidade, a reforma foi "bem sucedida". A prova é de que, para os 3 milhões de ingressos colocados à venda, a Fifa registrou uma procura recorde de mais de 11 milhões de pedidos. Nesta quarta-feira, a corrida continuava no mesmo ritmo que a entidade identificou desde o primeiro dia de vendas. Na avaliação, outra prova do "sucesso" das vendas é o valor que os preços no mercado negro estão atingindo. O ágio chega a ser de 1000 % para alguns ingressos e a Fifa insiste que vai confiscar todas as entradas vendidas por cambistas.

Copa 2014

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo