1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Figueirense derrota o Botafogo e sai da zona de rebaixamento

RAFAEL THOMÉ - Estadão Conteúdo

20 Agosto 2014 | 21h 41

Time catarinense conseguiu vencer no Orlando Scarpelli por 1 a 0, com gol marcado por Clayton logo aos dois minutos da etapa inicial

Uma vitória segura para firmar os pés fora da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, o Figueirense recebeu o Botafogo no Estádio Orlando Scarpelli, em partida válida pela 16ª rodada do campeonato, e teve solidez defensiva para conter o adversário e sair de campo com o triunfo por 1 a 0. O gol de Clayton aos dois minutos do primeiro tempo dificultou as ações do clube carioca, que pouco pôde fazer para buscar o empate.

Com o resultado, a equipe catarinense dá um salto na tabela e deixa a zona de rebaixamento, agora com 17 pontos. Entre outros, ultrapassou o próprio Botafogo, que estacionou nos 16 pontos e segue na luta para não cair para a segunda divisão.

Disposto a conquistar os três pontos em casa, o Figueirense começou a partida no ataque e logo aos dois minutos abriu o placar com Clayton. Depois de sequência de escanteios, Marcão recebeu a bola na área e fez cruzamento preciso para o garoto de 18 anos marcar seu segundo gol no Campeonato Brasileiro.

A primeira chegada ao ataque do clube carioca foi somente aos 17 minutos. Após troca de passes no meio, Daniel invadiu a área e tocou de calcanhar para o argentino Ferreyra, que foi bloqueado na hora do chute.

Aos 25 minutos, o atacante argentino do Botafogo conseguiu finalizar na saída de Tiago Volpi, mas o goleiro do Figueirense fechou o ângulo e fez boa defesa. Sete minutos mais tarde, Edílson cobrou falta de longe, com força, e Tiago Volpi se esticou para mandar para escanteio. Após cobrança, Ferreyra cabeceou colocado e levou perigo.

Pouco depois, Giovanni Augusto respondeu. O meia do Figueirense carregou a bola e bateu rasteiro, de fora da área, mas a bola saiu raspando a trave de Jefferson. Aos 40 minutos, quase saiu o segundo gol do time da casa. Marco Antônio cobrou escanteio e o zagueiro Marquinhos testou forte para acertar o travessão na última boa oportunidade da etapa inicial.

No segundo tempo, o Figueirense apostou nos contra-ataques e foi em um deles, aos sete minutos, que Marcão assustou o goleiro Jefferson com um chute firme da entrada da área. O Botafogo levou perigo somente aos 19 minutos, em mais uma cobrança de falta de Edílson, mas a bola passou rente à trave de Tiago Volpi.

Com as equipes cansadas, o ritmo de jogo caiu na metade final e se arrastou até o último sopro no apito do árbitro. Melhor para o Figueirense, que conseguiu a importante vitória em casa, no confronto direto com o Botafogo na luta contra o rebaixamento.

FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE 1 X 0 BOTAFOGO

FIGUEIRENSE - Tiago Volpi; Leandro Silva, Nirley, Marquinhos e Cereceda; Luan (Dener), Rivaldo, Marco Antônio e Giovanni Augusto; Clayton (Pablo) e Marcão (Jean Carlos). Técnico: Argel Fucks.

BOTAFOGO - Jefferson; Edílson, Bolívar, André Bahia e Junior Cesar; Airton, Gabriel (Rogério), Luis Ramírez (Bolatti) e Daniel (Gegê); Zeballos e Ferreyra. Técnico: Vagner Mancini.

GOL - Clayton, aos dois minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Fabrício Neves Correa (RS).

CARTÕES AMARELOS - Clayton (Figueirense); Luis Ramírez e Rogério (Botafogo).

RENDA - R$ 94.145,00.

PÚBLICO - 7.109 torcedores.

LOCAL - Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).