Figueirense ganha do Grêmio de virada

Sob um sol escaldante e temperatura de 38 graus, que fizeram o juiz interromper o jogo aos 30 minutos do primeiro tempo para os jogadores beberem água, o Grêmio perdeu para o Figueirense no Olímpico, neste sábado, por 4 a 3, pela Copa Sul-Minas. Tudo parecia fácil para o Grêmio, que abriu uma vantagem de 2 a 0 - gols de Rodrigo Mendes e Zinho - em apenas 13 minutos e viu Danrlei defender um pênalti, cobrado por Renato Martins, ao final de uma semana em que foi suspenso por um ano das competições sul-americanas por ter agredido um bandeirinha no Paraguai. O Figueirense conseguiu descontar ainda no primeiro tempo, em gol marcado por Patrício. O Grêmio ampliou a vantagem no início do segundo tempo, com mais um gol de Rodrigo Mendes. Mas o Figueirense surpreendeu o time gaúcho, marcando três vezes em apenas 12 minutos, aos 32, com Renato Martins, aos 34, com Sérgio Lobo, e aos 44, com Doriva, em pênalti que Danrlei não conseguiu defender. Apesar do resultado, o Grêmio permanece na segunda posição da classificação, com 21 pontos. O Figueirense subiu para 15 pontos. Dependendo dos resultados deste domingo, pode terminar a rodada na oitava posição.

Agencia Estado,

16 Março 2002 | 18h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.