1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Fisioterapeuta da Inglaterra se empolga e torce tornozelo

O Estado de S. Paulo

14 Junho 2014 | 21h 05

Gary Lewin desequilibrou-se na comemoração do gol de Sturridge, contra a Itália, e deixou o gramado da Arena Amazônia de maca 

A Inglaterra deixou a partida de estreia na Copa do Mundo, contra a Itália, com uma baixa. Além da derrota por 2 a 1, na Arena Amazônia, a equipe terá de lidar com um sério desfalque na comissão médica. O chefe da fisioterapeuta da seleção, Gary Lewin, ficou tão empolgado com o gol de empate de Sturridge que, na comemoração, desequilibrou-se e torceu o tornozelo esquerdo. Lewin deixou o campo carregado em uma maca, com o local imobilizado.

 

Rungroj Yongrit/EFE
Gary Lewin saiu de maca do gramado da Arena Amazônia

De acordo com o Daily Mail, Lewin foi fisioterapeuta do Arsenal por 22 anos e trabalha na seleção inglesa desde 1996. Em 2008, ele se tornou chefe da fisioterapia da equipe nacional.

Um ano antes, ele passou por um momento marcante. Durante a final da Copa da Liga Inglesa, ele salvou a vida de John Terry, que atuava pelo Chelsea. O zagueiro recebeu um forte golpe no rosto, durante o jogo, e caiu no campo inconsciente, com a língua enrolada. Não fosse a rápida atuação de Lewin, Terry teria sofrido um sufocamento.

A comissão técnica inglesa tem sofrido com a má sorte nos últimos tempos. Ray Lewington, assistente do técnico Roy Hodgson, precisou passar por uma cirurgia de emergência no joelho, um dia antes do último amistoso da seleção para a Copa, contra Honduras, nos EUA. A partida terminou com empate por 0 a 0.

Copa 2014