Divulgação
Divulgação

Flamengo derrota Bonsucesso e coloca Cirino na artilharia

Rubro-Negro dorme na liderança do Carioca após vitória por 2 a 0

RONALD LINCOLN JR., O Estado de S. Paulo

28 Março 2015 | 18h49

Embora tenha jogado mal, o Flamengo venceu o frágil Bonsucesso por 2 a 0 neste sábado, no Engenhão, e assumiu a liderança momentânea do Campeonato Carioca, com 32 pontos - Botafogo e Vasco que jogam no domingo podem assumir a liderança.

A duas rodadas do fim da primeira fase, o Flamengo encaminhou sua vaga para as semifinais. O Bonsucesso, por outro lado, corre o risco de terminar a rodada na zona de rebaixamento, dependendo dos resultados de seus concorrentes, que ainda não jogaram.

Mais uma vez, Marcelo Cirino mostrou que é indispensável. Ele marcou o primeiro gol do jogo, que lhe deu a artilharia do Campeonato Carioca, ao lado de Rodrigo Pinho, do Madureira, ambos com nove. O outro gol foi marcado por Matheus Savio, que tem sido lançado aos poucos por Luxemburgo e mostrado estrela.

A desatenção com que o Flamengo entrou em campo quase custou caro. Logo nos primeiros minutos, Denílson recebeu cruzamento livre na área flamenguista e cabeceou firme para o gol, mas Paulo Victor fez grande defesa. Aos poucos, o time foi despertando e tomou o controle da partida.

As melhores jogadas de ataque eram criadas pelas laterais e, dessa forma, saiu o primeiro gol. Anderson Pico cruzou para Marcelo Cirino, que acertou o ângulo. Com a vantagem, o Flamengo diminuiu o ritmo, mas sofreu pouca resistência do adversário, com exceção para as poucas jogadas do lateral Cristiano.

Preocupado com a falta de movimentação e criatividade do time, durante o intervalo, o técnico Vanderlei Luxemburgo substituiu Eduardo por Matheus Sávio, mas o Flamengo continuou lento, errando muitos passes e fazendo faltas desnecessárias.

Ao tentar um avanço, aos 30 minutos, Gabriel acabou sofrendo uma falta na lateral da intermediária e Matheus Sávio foi cobrar. Antes, Luxemburgo chamou o garoto, de 17 anos, para orientá-lo, e deu certo. O meia cruzou de forma traiçoeira no primeiro pau, o zagueiro Wallace furou e acabou enganando o goleiro Preto que deixou a bola entrar.

Aos 38, Wallace cometeu pênalti em Lucas Fernandes. Fernando cobrou fraco e Paulo Victor defendeu, demonstrando mais uma vez por que tem se tornado um dos principais nomes da equipe flamenguista no momento. Impactado, o Bonsucesso não teve reação e viu sua vida se complicar na fuga do rebaixamento.

FICHA TÉCNICA

BONSUCESSO 0 x 2 FLAMENGO

BONSUCESSO - Preto; Ryan, Jadson, Elton e Cristiano; Marquinhos, M. Salgado, Fernando e Denílson; Deyvison (Guttiner) e Lucas Fernandes. Técnico - Marcelo Salles.

FLAMENGO - Paulo Victor; Pará, Wallace, Marcelo, Anderson Pico (Thallyson); Marcio Araújo, Canteros (Luiz Antônio), Gabriel; Eduardo (Matheus Savio), Marcelo Cirino e Alecsandro. Técnico - Vanderlei Luxemburgo.

GOLS - Marcelo Cirino aos 17 minutos do primeiro tempo. Matheus Savio, aos 32 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Leonardo Garcia Cavaleiro.

CARTÕES AMARELOS - Fernando, Elton (Bonsucesso); Thallyson, Marcio Araujo, Matheus Savio (Flamengo).

PÚBLICO - 4.207 pagantes (5.707 no total).

RENDA - R$ 142.820,00.

LOCAL - Engenhão, Rio de Janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.