Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Flamengo e Atlético-MG fazem duelo de favoritos na abertura do Brasileirão

Campeões estaduais, equipes carioca e mineira abrem a competição nacional neste sábado, as 16h, no Maracanã

Estadao Conteudo

13 Maio 2017 | 08h06

O jogo de abertura do Campeonato Brasileiro opõe Flamengo e Atlético Mineiro, em embate que será realizado neste sábado. às 16 horas, no estádio Maracanã. A partida, no entanto, terá mais do que isso. O clube mandante promoverá uma ação de solidariedade promovida pelo rubro-negro momentos antes do apito inicial. Em ação integrada com a prefeitura do Rio, o clube doará 70 mil cestas básicas para os restaurantes populares da cidade, e a renda da partida será revertida para a ação.

No Flamengo, a equipe contará com o meia Ederson, que voltou aos gramados no meio da semana, e deverá ter todos os jogadores à disposição. Outro jogador que gera expectativa é Vinícius Junior, que negocia com o Real Madrid e pode ser relacionado pelo técnico Zé Ricardo - que, no entanto, não confirmou a equipe titular.

O Atlético Mineiro, por sua vez, inicia uma de suas mais importantes missões não apenas de 2017, como dos últimos anos: vencer o Campeonato Brasileiro e encerrar o incômodo jejum que dura desde 1971, quando conquistou o seu único título da principal competição nacional. Quarto colocado em 2016 e vice em 2015 e em 2012, o Atlético Mineiro chega embalado pelo bom trabalho do técnico Roger Machado, que levou o time à conquista do Campeonato Mineiro.

O clima é de confiança para a estreia no Brasileirão. "Agora, vamos começar o Brasileirão, contra um time muito forte, na casa deles, no campo deles, que vai ser muito difícil, mas a gente precisa começar com o pé direito e estamos preparados para isso. Estamos muito bem, então, vamos com a cabeça voltada para a possibilidade de ganhar o jogo", destacou o meia venezuelano Otero.

Para o difícil duelo no Maracanã, Roger terá problemas para escalar o time. Titulares absolutos, o lateral-direito Marcos Rocha e o zagueiro Leonardo Silva, ambos com problemas musculares, estão fora da partida. Carlos César e Felipe Santana ficarão com a vaga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.