1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Flamengo bate Bahia e classifica o São Paulo às quartas da Copa SP

- Atualizado: 17 Janeiro 2016 | 17h 52

Cariocas garantem vaga com vitória nos pênaltis após 2 a 2 no jogo

O Flamengo carimbou a sua classificação às quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior em uma partida fantástica diante do Bahia. Após estar perdendo por 2 a 0, o clube baiano precisou de dois minutos para empatar e levar para os pênaltis. Na marca da cal, a equipe carioca se deu melhor - vitória por 5 a 4 - e, de quebra, colocou o São Paulo na próxima fase do torneio. O jogo foi realizado neste domingo no estádio Nicolau Alayon, na capital paulista, para um público de mais de 4 mil torcedores.

Na partida frente ao Rondonópolis, que acontecerá às 19h30, o São Paulo avança mesmo se for derrotado. Como tem a melhor campanha entre os times que ainda não se confirmaram nas quartas de final, o clube da capital paulista já está classificado. Em caso de triunfo, o Bahia, mesmo derrotado pelo Flamengo, passa pelo índice técnico.

O clube carioca aguarda o confronto entre São Paulo e Rondonópolis para conhecer seu adversário nas quartas de final do torneio. O melhor perdedor enfrentará o América-MG.

Garotada do Flamengo comemora o triunfo nos pênaltis sobre o Bahia

Garotada do Flamengo comemora o triunfo nos pênaltis sobre o Bahia

O JOGO

O Bahia perdeu nos pênaltis, mas podia muito bem ter saído com a vaga. O clube baiano pressionou em alguns momentos, porém pecou no preciosismo. O Flamengo, mais seguro, não deixou barato e desperdiçou uma chance clara logo de cara. Aos 14 minutos, Michael cruzou e Caio tirou a bola com a mão, em penalidade máxima para os cariocas. Cafu bateu para o goleiro Deijair defender.

Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2016
Alex Silva/Estadão
Flamengo ganha nos pênaltis e é tricampeão da Copinha

Jogadores do Flamengo levantam a taça da Copa São Paulo de Futebol Júnior no Pacaembu

Apesar do erro, o Flamengo cresceu e abriu o placar aos 39 minutos. Lucas Paquetá fez fila na defesa baiana e tocou para Felipe Vizeu desviar para o fundo das redes. O atacante fez, de cabeça, o seu segundo, dois minutos depois, após cruzamento de Thiago Ennes. Na etapa final, o Bahia adiantou a marcação e perdeu boas chances de gol. Aos 24, Jonas marcou, mas o árbitro assinalou impedimento do jogador.

A partir daí, o clube baiano foi para o tudo ou nada. E deu certo. O Flamengo sofreu um apagão e o empate, consequentemente. Aos 38 minutos, Geovane Itinga diminuiu. E foi ele mesmo o herói da partida. No lance seguinte, aos 39, soltou o pé para fazer um bonito gol e levar a partida para as penalidades máximas.

Nas cobranças, o Flamengo errou as duas primeiras, mas conseguiu reverter a situação e vencer por 5 a 4, se garantindo assim na próxima fase.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX