Fluminense derrota o Bangu por 2 a 1

Mesmo cometendo vários erros defensivos, o Fluminense conseguiu vencer o Bangu, por 2 a 1, pela nona rodada do Torneio Rio-São Paulo, neste sábado, em Caio Martins. Com o resultado, o tricolor totalizou 11 pontos na tabela de classificação e permaneceu com esperanças de classificação à próxima fase. Já o Bangu continuou com 5. A oportunidade de gol desperdiçada pelo meia Roger logo aos 3 minutos do primeiro tempo, deu a impressão de que o Fluminense realizaria uma boa partida. Mas a equipe das laranjeiras errou passes e poucas jogadas de ataque foram criadas. O pênalti desperdiçado pelo lateral-esquerdo Paulo César, aos 12 minutos, serviu para aumentar a desorganização da equipe. O Fluminense inaugurou o marcador, aos 36 minutos, com Roger, que aproveitou o rebote de um chute do atacante Magno Alves, defendido pelo goleiro Eduardo. O Bangu não se abateu com a desvantagem e, aos 40 minutos, o atacante Luís Carlos empatou, depois de uma falha da defesa tricolor. O jogador, livre de marcação, dominou a bola na grande área e chutou no canto esquerdo do goleiro Murilo. Melhor armado no segundo tempo, o Fluminense passou à frente do placar, aos 7 minutos, com Magno Alves, que aproveitou um lançamento de Roger. O time ainda criou outras oportunidades de gol, mas não conseguiu superar o bloqueio defensivo do Bangu, que também criou oportunidades de gol, mas seus jogadores não tiveram competência para empatar e virar a partida.

Agencia Estado,

09 Março 2002 | 18h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.