Fábio Menotti/Agência Palmeiras
Fábio Menotti/Agência Palmeiras

Focado na Libertadores, Palmeiras encara Chapecoense com reservas

Time terá apenas três atletas que enfrentaram o Inter no meio de semana

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

20 Maio 2017 | 07h05

Em busca de sua segunda vitória no Campeonato Brasileiro, mas de olho na decisão de quarta-feira contra o Atlético Tucumán, pela Copa Libertadores, o Palmeiras visita a Chapecoense com um time praticamente reserva. Dos jogadores que estiveram em campo no meio de semana, contra o Inter, apenas o goleiro Fernando Prass, o volante Tchê Tchê e o atacante Willian foram mantidos na formação.

O técnico Cuca assumiu a equipe há dez dias e já ganhou a confiança dos atletas. "Ele gosta dessa disposição do jogador, marcando por pressão, e estamos tendo resultados", disse Willian, que chegou este ano na nova casa. "Quando vai para um clube da grandeza do Palmeiras, o objetivo é conquistar títulos. A gente tem um elenco muito forte, teve investimento alto, então temos de viver cada jogo, com pés no chão, humildemente e com muito trabalho. Temos tudo para ter um ano brilhante de conquistas. Estamos no caminho certo", comentou.

Entre as novidades na escalação está o zagueiro Juninho, que era do Coritiba, foi apresentado ontem e ganhou a camisa 4 que pertencia a Vítor Hugo. "A expectativa é boa. Vamos honrar a camisa, trabalhar no dia a dia e dar o melhor em campo. Fui bem recebido pelo grupo, pela diretoria e pelos torcedores. Vivo um bom momento e é gratificante chegar ao maior campeão nacional", comentou.

O lateral Mayke, que estava no Cruzeiro, também foi apresentado. "Venho respirar novos ares, nem tenho o que dizer da equipe. Tenho certeza de que o ano será promissor."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.