Craig Brough / Reuters
Craig Brough / Reuters

Fora do Liverpool por até 6 semanas por lesão, Mané é convocado pelo Senegal

Seleção africana conta com craque para rodada decisiva das Eliminatórias

Estadão Conteúdo

18 Outubro 2017 | 13h22

Mesmo após ter seu afastamento dos gramados confirmado pelo Liverpool por um período estimado de até seis semanas, o atacante Sadio Mané foi anunciado nesta quarta-feira como um dos 25 jogadores convocados para defender a seleção senegalesa em suas duas últimas partidas pelo Grupo D das Eliminatórias da África para a Copa do Mundo de 2018.

+ Com gols brasileiros, Liverpool faz 7 a 0 e lidera grupo na Liga dos Campeões

Na semana passada, o jogador teve este tempo de ausência previsto pelo departamento médico do clube inglês depois de sofrer uma lesão muscular justamente em uma partida de Senegal pelo qualificatório para o Mundial. No último dia 7, ele se machucou e precisou ser substituído durante a vitória de 2 a 0 sobre Cabo Verde, fora de casa.

Líder de sua chave nas Eliminatórias, Senegal vai enfrentar a África do Sul por duas vezes nestas rodadas finais, sendo a primeira delas no dia 10 de novembro, como visitante, antes de encarar o adversário novamente no dia 14, em casa, na cidade de Dacar.

"Sadio Mané voltou a treinar individualmente e provavelmente treinará de forma completa a partir da próxima semana", afirmou Aliou Cisse, técnico da seleção senegalesa, em entrevista coletiva nesta quarta ao justificar a convocação do jogador do Liverpool, que assim poderia retornar aos gramados dentro de cerca de quatro semanas.

Com oito pontos na liderança do Grupo D das Eliminatórias Africanas, o Senegal só precisa somar mais dois nas duas últimas partidas para se garantir na Copa de 2018.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.