Fora e de virada, Santa Cruz vence o Criciúma por 2 a 1 na estreia da Série B

Derrota no estádio Heriberto Hülse estraga a festa de 70 anos do clube catarinense

Estadao Conteudo

13 Maio 2017 | 18h50

No dia em que completou 70 anos de existência, o Criciúma foi surpreendido e teve a festa estragada pelo Santa Cruz, que venceu na estreia da Série B do Campeonato Brasileiro, de virada, por 2 a 1. Os catarinenses até jogaram melhor, mas foram surpreendidos com dois contra-ataques que decretaram o resultado no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC).

Diogo Mateus, no fim do primeiro tempo, e Vítor e William Barbio, na etapa final, marcaram os gols do jogo. O resultado coloca o Santa Cruz entre os primeiros colocados da Série B, enquanto que o Criciúma fica na zona do rebaixamento.

O Criciúma dominou o jogo, teve mais chances de marcar, mas dois vacilos custaram o resultado que poderia coroar o seu aniversário. Bastante recuado, o Santa Cruz se aproveitou de dois contra-ataques para vencer a partida. Ganhou o mais eficiente.

Os minutos iniciais foram usados para os times se estudarem. Eles revezaram a posse de bola, mas sem criar nenhuma chance perigosa aos goleiros, deixando o jogo muito truncado no meio de campo. Mas como jogava em casa e queria a vitória para iniciar bem a Série B, o Criciúma tomou as ações ofensivas.

Melhor na partida, o Criciúma foi premiado com um belo gol no último lance do primeiro tempo. Aos 45 minutos, Diogo Mateus recebeu na entrada da área e ajeitou para o pé esquerdo. O lateral-direito colocou a bola no ângulo de Julio Cesar, que não conseguiu defender.

Na volta do intervalo, o Criciúma continuou pressionando e quase marcou com Silvinho, mas o Santa Cruz, logo na sequência, empatou. Em rápido contra-ataque, Vítor aproveitou a falha de Douglas Moreira e chutou forte para deixar tudo igual aos seis minutos. Apesar do gol sofrido, o time mandante rapidamente voltou a atacar. Depois de cobrança de escanteio, Julio Cesar fez milagre para salvar o Santa Cruz.

Apesar da pressão, o time catarinense não conseguiu furar o bloqueio pernambucano, que definiu o jogo em um contra-ataque. Aos 41 minutos, William Barbio partiu livre e recebeu a bola na entrada da área. Com um chute forte, o atacante decretou a primeira vitória do Santa Cruz na Série B.

Criciúma e Santa Cruz voltam a campo no próximo sábado, pela segunda rodada da Série B. No Recife, o Santa Cruz recebe o Guarani no estádio do Arruda, às 16h30. No mesmo horário, o Criciúma encara o Oeste, na Arena Barueri, em Barueri (SP).

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA 1 x 2 SANTA CRUZ

CRICIÚMA - Edson; Diogo Mateus, Rafael Silva, Diego Giaretta e Marlon; Ricardinho, Douglas Moreira (Fabinho Alves) e Paulinho (Adalgiso Pitbull); Silvinho, Jheimy (Alex Maranhão) e Caio Rangel. Técnico: Deivid.

SANTA CRUZ - Julio Cesar; Vítor (Nininho), Anderson Salles, Bruno Silva e Roberto; Elicarlos, David e Thomás (William Bárbio); Everton Santos, Júlio Sheik (Thiago Primão) e André Luís. Técnico: Vinícius Eutrópio.

GOLS - Diogo Mateus, aos 45 minutos do primeiro tempo; Vítor, aos 6, e William Barbio, aos 40 do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Diogo Mateus, Douglas Moreira e Raphael Silva (Criciúma); André Luis, David, Elicarlos e Julio Cesar (Santa Cruz).

ÁRBITRO - Roger Goulart (RS).

RENDA - R$ 74.230,00.

PÚBLICO - 3.576 pagantes.

LOCAL - Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC).

Mais conteúdo sobre:
futebol Criciúma Santa Cruz

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.