1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Forlán afirma que 'nada está acabado' para o Uruguai

AE - Agência Estado

15 Junho 2014 | 11h 43

Diego Forlán não quer que o Uruguai abaixe a cabeça na Copa do Mundo, apesar da desastrosa derrota da equipe na estreia no torneio - perdeu no sábado por 3 a 1 para a Costa Rica, em Fortaleza. O atacante não teme os próximos dois desafios de sua seleção no Grupo D, contra Inglaterra e Itália, que antes da competição eram considerados os mais difíceis para os uruguaios.

"Já estivemos em situações como essa antes e não há razão para pensar que não podemos superar dessa vez", disse Forlán após a partida ao jornal uruguaio Ovación. "Isso é futebol e tudo é possível. Mas não está acabado, definitivamente não. Temos dois jogos restantes no grupo e vamos tentar vencer ambos. Temos de melhorar, mas ainda temos chances de classificação", afirmou o jogador do Cerezo Osaka, clube do Japão.

O atacante pode ganhar companhia importante para a segunda rodada da primeira fase, contra a Inglaterra. Depois de operar o menisco do joelho esquerdo, em 22 de maio, Luis Suárez foi para o banco de reservas contra a Costa Rica, mas o técnico Óscar Tabárez optou por não forçar sua entrada naquele momento.

"Suárez não está machucado. Ele passou pelos estágios de recuperação programados e treinou com o time. Temos quatro dias antes da partida contra os ingleses, se ele se mostrar que está em boa forma, vou considerar a possibilidade de utilizá-lo. Ele é crucial para nós e todo mundo sabe disso", explicou o treinador uruguaio.

Depois de jogar contra a Inglaterra na quinta-feira, em São Paulo, o Uruguai enfrenta a Itália no dia 24, em Natal, na rodada final do Grupo D.

Copa 2014