1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Gabriel acaba com polêmica no clássico e elogia Rogerio Ceni

PAULO FAVERO - O Estado de S. Paulo

24 Agosto 2014 | 20h 09

Jovem atacante foi o autor do único gol do Santos no clássico, mas será desfalque para o próximo jogo depois de receber o 3º amarelo

O atacante Gabriel entrou em atrito com Rogério Ceni no clássico entre São Paulo e Santos deste domingo, no Morumbi, ao tentar cavar um pênalti simulando que o goleiro rival havia acertado uma cotovelada. O juiz nada marcou e, irritado, o são-paulino reclamou bastante e gritou com o santista. Mas ao final da partida eles trocaram as camisas e parece que está tudo resolvido.

"Isso é coisa de jogo, acabou ali. Tenho muito respeito pelo Rogério, sou fã dele, é um grande goleiro e estou na paz", afirmou o atacante, que acabou fazendo um gol de pênalti em Ceni, o único do Santos na derrota por 2 a 1. "Tenho orgulho de ter feito um gol nele", continuou.

Gabriel estava na seleção brasileira sub-20, que disputou um torneio na Espanha, e retornou ao Santos para ser titular. Apesar do esforço, o jogador viu sua equipe ser derrotada no clássico. "É assim mesmo, é um jogo grande, todo mundo querendo ganhar. Jogamos bem, empatamos, mas tomamos gol no fim."

Com gols de Ganso e Pato, São Paulo bate Santos
José Patrício/Estadão

No Morumbi, o São Paulo não teve dificuldades para vencer o Santos por 2 a 1, com boas atuações de Ganso e Pato.

O atacante não vê a hora de atuar ao lado de Robinho, que não enfrentou o São Paulo por estar contundido. "O Robinho é um ídolo meu, um cara especial. Estou feliz de voltar ao clube, pois me sinto em casa", disse. Apesar das especulações de que ele pode sair do Santos, o atacante avisa que quer ampliar seu contrato. "Não depende mais de mim, depende do Santos", conclui.