Alessandro Garofalo/Reuters
Alessandro Garofalo/Reuters

Gattuso elogia Ludogorets, mas avisa que manterá rodízio no Milan

Gigante italiano enfrenta time búlgaro nesta quinta-feira, pela segunda fase eliminatória da Liga Europa

Estadão Conteúdo

14 Fevereiro 2018 | 19h02

O técnico Gattuso aproveitou a entrevista coletiva desta quarta-feira para tentar tirar do Milan a pressão de ter que vencer o Ludogorets, da Bulgária, quinta-feira, fora de casa, pela segunda fase eliminatória da Liga Europa.

+ Wenger critica regra da Uefa e lamenta ausência de Aubameyang na Liga Europa

+ Higuaín rebate críticas após perder pênalti: 'É fácil falar do sofá de casa'

"Respeitamos o Ludogorets. Nos últimos seis anos, eles participaram de mais competições europeias do que nós. Não o subestimamos. Times como Real Madrid, Liverpool e Lazio sempre sofrem quando jogam lá. Estudei o time deles e sei que podem nos dar muito trabalho", comentou.

Apesar de exaltar o adversário, o treinador informou que não mandará a campo o que tem de melhor e manterá o rodízio de jogadores no time titular. "Estou fazendo esse revezamento, porque vejo que tem jogador que demora mais para se recuperar do que outros. Acho que somos um time diferente agora porque nós melhoramos nossa condição física e trabalhamos para mudar nossa mentalidade."

A segunda fase eliminatória da Liga Europa conta com a estreia das equipes estavam na fase de grupos da Liga dos Campeões. Entre os duelos que acontecerão desta quinta-feira, destaque também para Napoli e Leipzig, Borussia Dortmund e Atalanta, Atlético de Madrid e Copenhague, além de Arsenal e Oestersund.

Mais conteúdo sobre:
futebol Liga Europa Milan Gattuso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.