1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Gerrard admite dificuldades e elogia atuação italiana

Agência Estado

14 Junho 2014 | 21h 31

Meia inglês relatou o forte calor em Manaus e o gramado imperfeito da Arena da Amazônia após a derrota por 2 a 1 na estreia da Copa

Capitão da seleção inglesa, o meia Gerrard relatou as dificuldades enfrentadas na noite deste sábado, como o forte calor em Manaus e o gramado imperfeito da Arena da Amazônia, mas não quis apontar esses fatores como desculpas para a derrota por 2 a 1 na estreia na Copa do Mundo. Mesmo porque, ele tratou de elogiar a atuação da Itália no jogo válido pelo Grupo D.

"Foi uma noite difícil. Estava muito quente, úmido. O campo estava difícil. Mas isso são desculpas. A Itália jogou muito bem", avaliou Gerrard, que, assim como os outros jogadores das duas seleções, saiu do gramado bastante desgastado pelo forte calor em Manaus.

Gerrard explicou que a Itália soube explorar bem o lado direito do ataque, criando dificuldades para a marcação inglesa. Mas disse acreditar que sua equipe equilibrou as ações em campo, lamentando, porém, que o placar não tenha sido positivo. "É duro quando você tenta com tanto esforço e não consegue nada", afirmou.

Itália derrota Inglaterra na estreia
Ivan Alvarado/Reuters

E, enfim, a estrela italiana marcou o segundo gol da equipe, que daria a primeira vitória à seleção de Prandelli

Agora, segundo Gerrard, é hora de olhar para o futuro: o jogo contra o Uruguai, na quinta-feira, no Itaquerão, em São Paulo, pela segunda rodada do Grupo D. "Precisamos ganhar", avisou o veterano capitão inglês, consciente do risco de eliminação precoce em caso de nova derrota.

Copa 2014