1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Goiás bate Atlético-PR e volta a vencer no Campeonato Brasileiro

Rubens Santos - Estadão Conteúdo

31 Agosto 2014 | 20h 45

Com o resultado, time da casa soma 23 pontos e acaba com uma série negativa de seis rodadas seguidas sem vitória

O time do Goiás voltou a respirar no Campeonato Brasileiro após vencer por 3 a 1 o Atlético-PR, em jogo pela 18.ª rodada, na noite deste domingo, no Serra Dourada (GO). Com o resultado o time da casa passou a somar 23 pontos. Além de deixar pra trás uma série negativa de seis rodadas seguidas sem vitória, sobe para 12.º e mantém seu treinador, Ricardo Drubscky. Os paranaenses, após três empates e duas derrotas em cinco rodadas, somam 24 pontos e estão em 10º.

Na próxima rodada, sábado às 21h, o time do Goiás pega a Chapecoense, na Arena Condá em Chapecó (SC). O Atlético-PR recebe domingo às 18h30min o Palmeiras, na Arena da Baixada, em Curitiba.

No primeiro tempo do jogo deste domingo, o Goiás entrou com cinco pratas da casa, garantiu a posse de bola, mas só balançou as redes aos 39 minutos. Em jogada individual, o atacante Erik desceu pela direita, bateu no canto e abriu o placar.

Aos 42 minutos, o Goiás avançou, visando matar o jogo. Erik recebeu lançamento em diagonal de Esquerdinha, dominou, bateu cruzado e ampliou: 2 a 0. "Estamos sendo muito cobrados, mas a gente não é mais nenhum menininho", disse o atacante no intervalo. "Vamos jogar com pegada para matar esse jogo", avisou.

Apesar do entusiasmo, no segundo tempo o time do Goiás reduziu a velocidade, abriu as laterais e foi punido. O Atlético-PR aproveitou o espaço para contra-ataques e diminuiu aos 16 minutos. Sueliton cruzou para Cléo, que subiu mais que os zagueiros e de cabeça fez 2 a 1.

O ataque do time paranaense perdeu força aos 38 minutos. Foi quando Tiago Mendes invadiu a área, chutou a gol e foi travado pelo goleiro Weverton e pelo lateral Sueliton. Mas Erik empurrou para o fundo da rede, fez o terceiro gol no jogo, o quarto dele na competição. Saiu de campo cantando música sertaneja e repetindo: "É um momento mágico", disse ele.

FICHA TÉCNICA:

GOIÁS 3 X 1 ATLÉTICO-PR

GOIÁS - Renan; Valmir Lucas, Felipe Macedo, Jackson e Léo Veloso; David, Thiago Mendes, Murilo (Tiago Real) e Esquerdinha (Lineker); Erick (Welington Júnior). Técnico: Ricardo Drubscky.

ATLÉTICO-PR - Weverton; Sueltion (Mário Sérgio), Dráusio, Cleberson e Natanael; Deivid, Paulinho Dias (Douglas Coutinho), Otávio e Marcos Guilherme; Marcelo e Cléo Serra. Técnico: Leandro Ávila.

GOLS - Erik, aos 39 e aos 42 minutos do primeiro tempo. Cléo, aos 16, e Erik, aos 38 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Vagner do Nascimento Magalhães (RJ).

RENDA - R$ 38.820,00.

PÚBLICO - 1.544 pagantes.

LOCAL - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).