Gol no final dá empate ao Vasco no Rio

O Santos deixou a vitória escapar, neste sábado à tarde, no fim da partida contra o Vasco e praticamente ficou sem chances de classificação para a próxima fase do Torneio Rio-São Paulo. A partida, disputada em São Januário terminou empatada por 1 a 1. O resultado deixou o clube vascaíno, com 21 pontos, na quinta posição. Logo aos 5 minutos de jogo o lateral-direito Michel cruzou a bola e o centroavante Douglas antecipou-se a zaga e abriu o placar. Cinco minutos depois o meia Léo Lima fez boa jogada e chutou na trave do goleiro santista. A partida continuou disputada e só voltou ter um bom lance aos 31 minutos, quando o atacante Romário chutou, obrigando o goleiro Fábio Costa fazer uma boa defesa. No segundo tempo, o Vasco voltou pressionando. Aos 3 minutos, Euller chutou cruzado e por pouco Romário não tocou para as redes. Aos 7, o volante Rodrigo Souto driblou dois jogadores, entrou na área e cara a cara com o goleiro chutou por cima do gol. Na jogada seguinte, o meia Robert, que já tinha cartão amarelo, fez uma falta boba e foi expulso. Com um jogador a mais o Vasco passou a dominar a partida e teve duas boas oportunidades, uma com Romário e outra com Felipe, mas ambas foram para fora. Aos 20, o lateral-direito Leonardo cruzou e Romáiro cabeceou para fora. Logo em seguida foi a vez do lateral Alex Oliveira ser expulso, depois de entrada violenta. Aos 34 minutos, o Santos teve a oportunidade de definir a partida, quando o atacante William partiu com a bola de seu campo, depois de driblar o goleiro Helton, não conseguiu finalizar, dando chances para o goleiro vascaíno fazer a intervenção. Aos 45 minutos, quando a torcida do Santos comemorava a vitória, o atacante Euller cruzou rasteiro para a área, o goleiro Fábio Costa falhou, soltando a bola e Romário só teve o trabalho de empurrar para o gol.

Agencia Estado,

30 Março 2002 | 18h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.