1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Futebol Internacional

Goleiro Almunia, ex-Arsenal, se aposenta por problema cardíaco

Estadão Conteúdo

28 Agosto 2014 | 12h 16

Arqueiro atuou por oito anos pela equipe londrina e se transferia para o Cagliari, porém, os exames médicos encontraram o problema

O goleiro espanhol Manuel Almunia, ex-Arsenal, se aposentou do futebol profissional por causa de um problema cardíaco. A revelação da aposentadoria do jogador de 37 anos de idade foi feita nesta quinta-feira pela Associação Britânica de Jogadores Profissionais (PFA, na sigla em inglês).

O problema cardíaco que afeta o atleta foi descoberto quando o mesmo foi submetido a exames médicos para poder se tornar novo reforço do Cagliari, da Itália. Uma ressonância magnética constatou que ele sofre de cardiomiopatia hipertrófica apical, uma doença cardíaca genética que pode, eventualmente, provocar morte súbita em campo.

"Manuel Almunia teve de se aposentar depois de ter sido diagnosticado com um problema no coração. Todos os membros da PFA lhe desejam o melhor para o futuro", disse a associação britânica, por meio de sua página no Twitter.

PA
Almunia defendeu o Arsenal de 2004 a 2012

O Cagliari e o próprio Almunia ainda não confirmaram oficialmente a aposentadoria, mas um porta-voz do clube da Itália, Alessandro Steri, confirmou a existência da doença cardíaca que inviabiliza a continuidade da carreira profissional do atleta. Ele pretendia disputar nesta temporada a primeira divisão do Campeonato Italiano, depois de ter passado os últimos dois anos defendendo o Watford, da Inglaterra.

Almunia começou a sua carreira profissional em 1999, atuando pelo Osasuna, equipe de sua cidade natal, antes de passar por Cartagena, Sabadell, Celta, Eibar, Recreativo Huelva e Albacete em seu país. Em seguida, ele foi contratado em 2004 pelo Arsenal, clube pelo qual atuou até 2012.

Futebol Internacional