1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Gols, viradas e vitórias constroem história da Copa no Brasil

Diego Salgado - O Estado de S. Paulo

16 Junho 2014 | 00h 14

Com a melhor média de gols desde 1958, Mundial é marcado por emoções dentro e fora dos gramados após 11 jogos disputados

A Copa do Mundo 2014 supera as expectativas dos torcedores quatro dias depois da abertura da competição. Da quantidade de gols à festa nas arquibancadas, o Mundial já se destaca na comparação com outras edições do torneio da Fifa. Após 11 jogos disputados, a média de gols marcados é a melhor desde 1958. O número de viradas, por sua vez, é recorde: cinco. Além disso, todas as partidas tiveram um vencedor e apenas Camarões, Grécia e Honduras não balançaram as redes até aqui.

No total, 37 gols já foram marcados por 19 das 22 seleções que já entraram em campo. A média de gols atingiu a marca de 3,36 gols por confronto - a sétima melhor marca da história, atrás de 1958 (3,6), 1954 (5,38), 1950 (4,00), 1938 (4,67), 1834 (4,12) e 1930 (3,89). 

Comparada às últimas cinco Copas do Mundo (em 1998, a competição passou a ter 32 seleções), o Mundial 2014 apresenta os melhores números. Em 1998, por exemplo, 27 gols foram marcados nos primeiros 11 jogos (média de 2,45). Cinco empates ocorreram no período, com dois 0 a 0. Na ocasião, duas viradas foram aplicadas. Dinamarca, África do Sul, Paraguai, Bulgária, Holanda, Bélgica e Japão não marcaram gols.

Gabriel Bouy/AFP
Contra a Bósnia, Messi marcou seu primeiro gol na Copa 2014

Quatro anos depois, na Ásia, os números foram melhores. Em 11 partidas, 17 seleções balançaram as redes, em um total de 31 gols (média de 2,81) - França, Arábia Saudita, Nigéria, Croácia e Equador não conseguiram marcar. Uma virada foi registrada: na vitória por 2 a 1 do Brasil sobre a Turquia. Além disso, nenhum empate ocorreu.

Na Alemanha, apenas os australianos conseguiram vencer após sair atrás no placar (3 a 1 no Japão). Em 11 jogos, um empate aconteceu - 0 a 0 entre Trinidad e Tobago e Suécia. A média de gols ficou em 2,45 (27 foram marcados) e oito seleções não chegaram às redes: Polônia, Paraguai, Trinidad e Tobago, Suécia, Sérvia e Montenegro, Angola, Estados Unidos e Gana.

Na Copa 2010, o número de seleções sem gols após quatro dias de jogos chegou a nove - Uruguai, França, Grécia, Nigéria, Argélia, Sérvia, Austrália, Dinamarca e Camarões. A média de gols foi a mais baixa de todas as edições com 32 participantes: apenas 1,64 gol por confronto (18 marcados). No total, quatro jogos ficaram empatados, com um 0 a 0 entre Uruguai e França.

Compare as últimas cinco Copas após 11 jogos:

Copa 2014

Gols: 37

Média: 3,36

Viradas: 5 

Empates: Nenhum

Seleções sem gols: 3

Copa 2010

Gols: 18

Média: 1,64

Viradas: Nenhuma

Empates: 4

Seleções sem gols: 9

Copa 2006

Gols: 27

Média: 2,45

Viradas: 1

Empates: 1

Seleções sem gols: 8

Copa 2002

Gols: 31

Média: 2,81

Viradas: 1

Empates: 3

Seleções sem gols: 5

Copa 1998

Gols: 27

Média: 2,45

Viradas: 2

Empates: 5

Seleções sem gols: 7